Foto: Divulgação

Nesta quarta-feira (25/08), policiais civis da Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA) prenderam em flagrante 11 pessoas que participavam de um torneio irregular de canto de pássaros. O evento, sem autorização das autoridades competentes, era realizado em um clube de Parque Martinho, em Belford Roxo, Baixada Fluminense.

No local, havia dezenas de aves, das espécies tiziu e trinca-ferro, sem anilhas e respectivas licenças. Os animais são avaliados em cerca de R$ 100 mil. Os agentes também apreenderam troféus destinados aos competidores e joias que serviriam de prêmio.

Dos presos, nove eram competidores e dois eram da organização do evento. Eles foram autuados por matar, perseguir, caçar, apanhar, utilizar espécimes da fauna silvestre, nativos ou em rota migratória, sem a devida permissão, licença ou autorização da autoridade competente ou em desacordo.

Os pássaros serão encaminhados ao Ibama para acolhimento, tratamento veterinário e retorno à natureza. Os dados qualificativos de todos os envolvidos serão repassados pela DPMA ao Instituto Estadual do Ambiente (Inea) e ao Ibama, para as providências cabíveis (multas).

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui