Foto: Reprodução Internet

Policiais civis da 54ª DP (Belford Roxo) prenderam em flagrante, nesta semana, dois funcionários da empresa de telefonia Oi. Eles estavam furtando cabos da própria companhia, na Baixada Fluminense. O material era vendido para o principal receptador da região, que também foi preso. Com ele foi encontrada cerca de uma tonelada de cabos e cobres já queimados.

A investigação teve início após denúncias e reportagens alegando que em determinadas comunidades de Belford Roxo, traficantes estariam impedindo a atuação de grandes empresas de telefonia e internet na região.

A equipe da delegacia fez diversas diligências e apurou que os próprios funcionários de uma companhia, por morarem em áreas dominadas pelo tráfico, furtavam os cabos. Com a interrupção dos serviços, os moradores solicitavam a reinstalação à empresa, gerando demanda para os próprios trabalhadores presos.

Após dois meses de investigação e monitoramento dos funcionários cometendo os furtos e levando a um receptador, todos foram identificados e presos em flagrante.

Em nota enviada ao DIÁRIO DO RIO. a Oi informou “que está acompanhando cuidadosamente as investigações do caso e seguirá colaborando para que todas medidas cabíveis sejam aplicadas, inclusive com a responsabilização criminal dos envolvidos. Como tem sido veiculado pela imprensa, a empresa vem sendo constantemente vítima de furtos e vandalismo na sua infraestrutura de telecomunicações, e tem tomado todas as providências possíveis para minimizar o impacto para seus clientes.”

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui