Atuação da 1ª UPAm no terreno no Itanhangá
Atuação da 1ª UPAm no terreno no Itanhangá - Foto: Divulgação/Disque Denúncia

Na manhã desta segunda-feira (27/09), agentes da Unidade de Policiamento Ambiental (UPAm) do Parque Estadual da Pedra Branca descobriram uma construção irregular em uma área cuja degradação ambiental chega a 200m² no Itanhangá, na Zona Oeste do Rio de Janeiro.

Vale ressaltar que os policiais chegaram ao local após terem sido informados pelo Disque Denúncia por meio do Linha Verde, programa de combate a crimes ambientais que atende no telefone 0300-253-1177.

Segundo a equipe da UPAm, no local denunciado, foi identificada uma obra com perfurações de sapatas e alicerces além de um pequeno barraco. Os agentes, então, questionaram o responsável a respeito das licenças ambientais necessárias, mas nenhuma documentação foi apresentada durante a fiscalização.

Diante dos fatos, os policiais subordinados ao Comando de Polícia Ambiental procederam à 16ª DP, onde a ocorrência foi registrada.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui