Polícia realiza operação contra fraudes na Receita Federal de Macaé

Investigações apontam um esquema de falsidade ideológica e uso de documentos falsos no Norte Fluminense; a operação pretende cumprir três mandados de busca e apreensão no município de Vilhena, em Rondônia

Foto: Pillar Pedreira/Agência Senado

Nesta quinta-feira, (18/08), a Polícia Federal realiza uma ação contra crimes de falsidade ideológica e uso de documento falso, na Receita Federal de Macaé, no Norte Fluminense. A operação Criptônimo pretende cumprir três mandados de busca e apreensão expedidos pela 2ª Vara Federal de Campos dos Goytacazes. Os endereços ficam no município de Vilhena, no estado de Rondônia.

A Polícia Federal afirma que os mandados foram requeridos depois que investigações apontaram que um homem natural do Espírito Santo junto com uma servidora da Receita Federal de Macaé, emitiram um Cadastro de Pessoa Física (CPF) no órgão, utilizando de fraude para obtenção dos documentos. A mulher já foi condenada cinco vezes pelos crimes de inserção de dados falsos em sistemas de informações.

Ainda segundo a Polícia Federal, o celular do investigado foi apreendido e vai passar por uma perícia técnica criminal para continuidade das investigações. As penas para os crimes de falsidade ideológica e uso de documento falso variam de 2 a 6 anos de reclusão e multa.

Advertisement

1 COMENTÁRIO

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui