Foto: Reprodução

Após uma reportagem sobre publicada no “Correio da Manhã”, a Delegacia de Combate à Corrupção e Lavagem de Dinheiro (DCC-LD) abriu um inquérito para investigar se funcionários de setores administrativos da concessionária RioPax, que administra cemitérios no município do Rio, se vacinaram irregularmente.

De acordo com a Polícia Civil, conforme nota emitida pela concessionária, todos os colaboradores da empresa foram vacinados por orientação da própria Prefeitura, que tinha conhecimento que eram funcionários de setores administrativos.

Agentes da especializada estiveram na concessionária e solicitaram as planilhas dos funcionários vacinados, as ocupações por eles declaradas e intimaram a responsável técnica do posto de vacinação a prestar esclarecimentos.



Toda manhã o resumo do Rio de Janeiro

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui