Estação Pedro Taques: uma das 3 pertencentes ao bairro da Penha Circular que estão interditadas desde o final de maio - Foto: Reprodução/Internet

No dia 25/05, você leu aqui no DIÁRIO DO RIO que as 3 estações de BRT que abrangem o bairro da Penha Circular, na Zona Norte da capital fluminense, haviam sido fechadas, duas delas devido a atos de vandalismo e uma como medida preventiva no combate à Covid-19. Pois bem, acontece que, mais de 1 mês depois, elas seguem impossibilitadas de serem utilizadas pela população.

Localizadas a pouco mais de 1km uma da outra, as estações Guaporé e Pedro Taques foram interditadas praticamente de maneira conjunta, por conta de ações violentas ocorridas na terceira semana de maio. Com vidros quebrados e entradas laterais totalmente abertas, ambas apresentam total estado de abandono.

Estação Guaporé, fechada devido a atos de vandalismo e entregue à sujeira – Foto: Reprodução/Internet

”É um absurdo esse tempo todo de interdição das estações da Penha Circular. Precisamos andar quase 4km para chegar a algum BRT nos bairros vizinhos. Sem contar o total clima de insegurança. A Pedro Taques tem assaltos constantemente. Na madrugada, o cenário é amedrontador”, relatou um morador da região que preferiu não se identificar.

Estação Pedro Taques causa medo nos moradores da região, devido à falta de segurança – Foto: Reprodução/Internet

Já a estação Praça do Carmo, situada entre as duas anteriormente citadas, foi a primeira a ser fechada, no final de março. Embora o motivo inicial da interdição tenha sido para tentar impedir a disseminação do Coronavírus – assim como outras em variados locais da cidade, sem deixar o bairro desabastecido de estações de BRT -, hoje o local está nas mesmas condições precárias da Guaporé e Pedro Taques, com muita sujeira. Essa situação, inclusive, já havia sido noticiada pelo DIÁRIO DO RIO no dia 15/04.

Estação Praça do Carmo, a primeira a ser fechada, ainda em março; estado de abandono chama atenção – Foto: Reprodução/Internet

Para quem mora na região e precisa utilizar o BRT, as estações mais próximas abertas no momento são Pastor José Santos, na Penha, e Vicente de Carvalho, no bairro homônimo, vizinha ao metrô.

Assim como na reportagem de 25/05, o DIÁRIO DO RIO entrou em contato novamente com a assessoria de imprensa do BRT para saber quando as 3 estações voltarão a estar aptas para utilização, mas, segundo o consórcio, as mesmas seguem sem previsão de reabertura. A reportagem também contactou a Secretaria Municipal de Transportes, porém, até o fechamento desta matéria, não obteve retorno.

Atualização – 01 de julho – 17h04

Segue abaixo a nota oficial enviada pela Secretaria Municipal de Transportes acerca do assunto:

”A Secretaria Municipal de Transportes tem agido com rigor para que as estações do BRT fechadas por vandalismo sejam recuperadas e reabertas à população. A SMTR destaca que, se os equipamentos não forem usados de forma responsável e consciente, os passageiros poderão ser afetados pela suspensão dos serviços para a necessária reforma do local. E, por se tratar de questão de segurança pública, a Secretaria envia os registros recebidos para as polícias Militar e Civil, para as devidas providências. Vale lembrar, também, que o BRT assinou um convênio com o Programa Estadual de Integração e Segurança (Proeis) para a atuação de PMs em trechos do sistema BRT mais suscetíveis ao vandalismo e ao calote.”



Siga nossas redes e assine nossa newsletter, de graça

Jornalismo sério, voltado ao Rio de Janeiro. Com sua redação e colunistas, o DIÁRIO DO RIO trabalha para sempre levar o melhor conteúdo para os leitores do site, espectadores dos nossos programas audiovisuais e ouvintes dos nossos podcasts. O jornal 100% carioca faz a diferença.

3 COMENTÁRIOS

  1. Esse povo selvagem tem mais que andar a pé. Eles próprios vandalizam, destroem. Dificilmente o governo faz algo bom e quando faz o povo destrói.

  2. Tem mais que se f***r mesmo! Ninguém paga passagem, destroem tudo e ainda acham que podem cobrar algo??? Se manquem!!!! Usem o moto-taxi que vcs tanto adoram!!!

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui