Foto: Reprodução Internet

O prefeito Marcelo Crivella foi condenado pela Justiça Eleitoral do Rio de Janeiro a postar em seu perfil oficial no Facebook, no prazo de 12 horas, um direito de resposta concedido ao PSOL por conta de fake news sobre “pedofilia nas escolas”.



Toda manhã o resumo do Rio de Janeiro

A campanha de Marcelo Crivella vinha falando que caso Eduardo Paes (Democratas) seja eleito, ele nomeará o PSOL para a secretaria de educação e teremos “pedofilia nas escolas” da cidade do Rio de Janeiro.

Na decisão, ficou definido que o PSOL terá direito de resposta para desmentir as informações passadas por Crivella. O atual prefeito do Rio também terá de excluir o vídeo feito com Otoni de Paula de suas redes, sob pena diária de R$ 10 mil.

No último final de semana, o DIÁRIO DO RIO publicou que cabos eleitorais de Marcelo Crivella estavam distribuindo panfletos com notícias falsas na Ilha do Governador.

2 COMENTÁRIOS

  1. Crivella é mau-caráter e o Paes tá arriscado a ser preso. Temos que escolher pensando no vice também. Mas ainda assim, o Crivella conseguiu ser pior.
    Muito contrariado, mas vamos de Paes mesmo.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui