Eduardo Paes, ProcuradoAcho que já é lugar comum, acontece algo na nossa cidade e nossos governantes desaparecem. Tem hora que penso que é pirraça minha mas acompanho tanto a imprensa sobre o Rio de Janeiro, vários blogs, e nenhum com uma frase de Eduardo Paes ou Sergio Cabral sobre as manifestações na nossa cidade, e isso que Haddad e Alckmin em São Paulo deram suas respostas, o mesmo em Salvador, Porto Alegre e outras cidades do país, sem esquecer da presidente Dilma. Ok, a maioria com sua dose de hipocrisia, mas aqui nem isso.

Hoje está circulando pelo Facebook uma foto de um cartaz de “Procurado” do Eduardo Paes. Acredito que o objetivo do manifestante era fazer uma brincadeira com o cartaz de bandidos no Velho Oeste do EUA mas pelo jeito foi muito mais real, o prefeito simplesmente desapareceu. Até agora nada, nem nas redes sociais que ele é um usuário ativo, no Twitter a última mensagem é de 13 de junho, no Facebook do dia 14. Se fosse carnaval já teria aparecido com uma cerveja na mão e sambando, mas como não é carnaval é o povo acordando, não tem o que falar.

Já Sergio Cabral estamos acostumados, foi assim nos desastres de Angra, da Serra, quando tem problema ele se esconde, ou vai para Paris. Mas deve ter sido algum assessor, vai que sai e xinga de novo os manifestantes…

Mas a verdade é, o que teria Sergio Cabral e Eduardo Paes a falar? Quem sabe eles decidiram escutar? Ah não, enquanto ocorria a manifestação dos 100 mil deviam estar em casa tomando Milkshake e assistindo Telecine Pipoca.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui