Jorge Picciani O presidente da ALERJ e candidato ao Senado pelo Rio de Janeiro Jorge Picciani (PMDB), também respondeu a pergunta do Diário do Rio sobre suas razões para querer ser senador dos fluminenses.

 

Veja suas razões:

 

Quero ser Senador para defender o Rio, os princípios do Estado de Direito Democrático, o direito à vida e os valores cristãos. E para fazer do meu gabinete uma sucursal das prefeituras do Rio em Brasília.

 

Quem me conhece sabe que, assim como as portas do meu gabinete da Alerj sempre estiveram abertas a atender os prefeitos, buscando soluções para os seus problemas, o mesmo acontecerá quando eu for senador. O apoio que eu tenho da absoluta maioria dos prefeitos e da classe política como um todo é a maior prova dessa confiança, que não se constrói em uma eleição, pois é o resultado de um trabalho de 20 anos atuando com base na palavra e no compromisso. Quero ser senador para ajudar o governador Sergio Cabral e os 92 prefeitos, independentement e de partidos, a trazer os recursos que tanto precisamos para manter o Rio na rota do crescimento econômico e social.

 

Hoje, dos três senadores que o Rio tem em Brasília, apenas um trabalha efetivamente em defesa do Rio. E eu quero somar forças ao senador Francisco Dornelles para impedir que golpes como o dos royalties do petróleo seja aplicado no Rio de Janeiro. Meu currículo de bom articulador – que busca sempre o entendimento, mas que também não foge da luta se preciso for – me credencia a isso.

 

Em suma, quero ser senador para continuar somando forças em defesa do Rio.

 

A foto foi retirada do Flickr do candidato. Não existe uma página de downloads com a foto oficial de campanha.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui