Carioca está com raivaEstamos acostumados a ver o carioca ir à rua só para festejar, os blocos enchem, as festas lotam, até a manifestação dos royalties estava mais para show do que para reclamar de algo. Mas isso mudou nos últimos dias, o povo decidiu ir reclamar do aumento da passagem de ônibus, não só no Rio de Janeiro mas no país todo.

Mas por que agora? A passagem aumenta todos os anos, o aumento foi menor que 10%, é para tanto? Porque o carioca está cansado, como ressalta o “No Me Rio”, blog do La Nacion sobre o Rio de Janeiro, “O Rio de Janeiro está cada dia mais caro”.

O Rio não está só caro, a passagem de ônibus foi só a gota d´água, em um sistema de transporte feito de veículos desconfortáveis, pilotados muitas vezes por maníacos sem condição nem de sair de casa. Soma a um trânsito que faz o carioca perder boa parte de seu dia em engarrafamentos homéricos, ficar 2 horas parados deixou de ser uma exceção e um costume na vida do carioca.

Sem contar um governo que não representa o cidadão, ontem a nota oficial da ALERJ, por seu presidente o deputado Paulo Melo foi deprimente:

 

A Casa, porém, repudia qualquer forma de vandalismo, em particular aqueles que atentam contra o patrimônio histórico e público. Entendemos que é dever de todos, autoridades e cidadãos, proteger estes bens, que pertencem não a indivíduos, mas à sociedade como um todo.

Repudiar a violência, ok, não há desculpas para uma meia dúzia ir para o quebra-quebra, só serve mesmo para esquecer as razões da manifestação. Mas Paulo Melo não chega às razões dela, afinal faz parte dos culpados, está no PMDB, a situação em todas as esferas. Falasse algo diferente assumiria a culpa, Sergio Cabral e Eduardo Paes vivem em seu próprio mundo, a parte do Rio. Cabral não vê problemas nas suas amizades espúrias.

E Eduardo Paes? Ele nada fala sobre a manifestação, e como falar contra a violência? Logo ele que deu socos no Botikay? Uma administração que tem feito obras, verdade, mas muitas vezes de forma capenga como tem sido o BRT.

Não podemos esquecer a imprensa carioca que parece servir mais como um braço do governo do que o seu objetivo de noticiar. Quem assiste ao RJ Tv não vê a sua cidade representada, mostram Cabral, Paes e Beltrame como heróis, quando estão bem longe disso. A UPP não funciona mas parece no jornal O Globo ou na Veja Rio a panaceia que solucionou todos os problemas do Rio de Janeiro.

Não, não é a toa que o carioca está com raiva. Não é a toa que houve as manifestações como de ontem, que pode ter ido 2 mil ou 10 mil pessoas. Mas me parece que só foi o começo e que haverá mais, mais e mais. O carioca se cansou.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui