Foto: Rio Oportunidades de Negócio

De acordo com uma análise do site Porto Maravilha, o segundo semestre da Zona Portuária será de grandes notícias. Segundo o site, mais 6 mil trabalhadores irão diariamente para a região. Outras 25 mil pessoas são esperadas em centros de lazer a serem inaugurados.

“O mercado tem certeza de que o Porto Maravilha vai dar certo. Está sendo um pouco atrasado por conta dessa crise que afetou o Rio de Janeiro quase que de forma inédita. Essa certeza é evidenciada no fato de que 52% dos prédios projetados para essa região já estão prontos ou ocupados. Bem diferente do centro, que tem 58% dos prédios ocupados, mas é uma região que tem mais de 100 anos. O Porto Maravilha tem 5 anos e já tem esses números, e com empresas grandes, como Shell, Amil, L’Oréal, todos de contrato assinado ou já instaladas lá Zona Portuária, e muitas outras, inclusive escritórios de advocacia. O Licks Advogados saiu da rua da Assembleia para o Porto. É sinal de sucesso, sucesso que está apenas atrasado por conta da crise”, disse Claudio Castro, diretor da Sergio Castro Imóveis, companhia imobiliária centenária que tem uma filial especializada no porto há 10 anos.

Em agosto, o antigo prédio do Touring Club, na praça Mauá, recebe a edição deste ano do Casa Cor. No mesmo local, em novembro, está prevista a abertura do Mercado do Porto Carioca, com investimentos de R$ 45 milhões em 6 mil metros quadrados de um complexo cultural, artístico, gastronômico e educacional.

Será o mesmo mês em que finalmente começará a funcionar a Rio Star, a roda gigante que está sendo construída ao lado do AquaRio e promete ser o buchicho do próximo verão, com capacidade para receber até 20 mil pessoas por dia.

Até lá, a Bradesco Seguros deverá ter ocupado totalmente o edifício Port Corporate, trazendo um fluxo de 3.000 funcionários às proximidades da Rodoviária Novo Rio.

Essa grande circulação de pessoas será facilitada com o final das obras do novo viaduto entre a Ponte Rio-Niterói e a Linha Vermelha, que a concessionária Ecoponte entregará até o final do ano. As obras ainda continuarão até 2020, em um segundo viaduto, que ligará o Cais do Porto até o acesso na avenida Brasil, em Manguinhos.

Neste segundo semestre também é esperado um desfecho para a novela da Caixa Econômica Federal, que pode levar para o Porto Maravilha parte dos funcionários de sua sede no Rio. O local de destino deve ser um dos mais modernos edifícios da cidade, o Aqwa. O mesmo que já abriga a Fábrica de Startups, aceleradora portuguesa que tem projetos com mais de 100 empresas de base tecnológica.

O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, já deu declarações de que não é admissível a instituição pagar aluguel na Cinelândia, enquanto tem participações em empreendimentos no Porto e é a maior interessada em seu desenvolvimento imobiliário, após ter investido cerca de R$ 8 bilhões na região.

Se a Caixa demorou para despertar para a atratividade da Orla Conde, outras empresas não cometeram o mesmo erro. Tanto que o edifício Vista Guanabara está próximo de ter todos os seus andares ocupados.

Já estão lá o Bocom BBM, banco de origem chinesa, e a Casa Granado, tradicional empresa do país no setor de perfumes e cosméticos. A seguradora Amil também está chegando, para ocupar 8 andares. Agora, é a seguradora italiana Generali que está anunciando sua transferência para o prédio, onde ocupará os 16º e 17º andares.

Com todas as novas transferências, pelo menos mais 6 mil pessoas irão trabalhar na região diariamente. Outras 25 mil são esperadas para os novos centros de lazer.

Esse público deverá impulsionar a criação de negócios, como bares, restaurantes, agências bancárias, academias de ginástica, salões de beleza e outros prestadores de serviços, segundo prevê a a Companhia de Desenvolvimento Urbano da Região do Porto do Rio de Janeiro (Cdurp), gerando empregos, renda e arrecadação tributária.

2 COMENTÁRIOS

  1. Em resumo: fracasso com o dinheiro público.

    Perguntar ao vendedor de imóveis se é bom negócio investir em imóveis chega a ser engraçado.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui