No primeiro dia de vacinação contra a Covid-19 dentro do Porto do Rio de Janeiro, na quarta-feira (2/6), 1.535 trabalhadores portuários receberam a primeira dose da vacina Astrazeneca/Oxford. A ação, promovida pela Prefeitura do Rio de Janeiro com o apoio da Companhia Docas do Rio de Janeiro (CDRJ), empresas arrendatárias dos terminais portuários e Órgão Gestor de Mão de Obra (OGMO), prosseguirá nos dias 3, 4, 5 e 7 de junho.

O diretor-presidente da CDRJ, Francisco Antonio de Magalhães Laranjeira, esteve no Porto do Rio no início das aplicações e disse que a decisão do Governo Federal de antecipar a vacinação da categoria, que já estava contemplada no Programa Nacional de Imunização (PNI) como grupo prioritário, foi acertada: “Os portuários estão há mais de um ano trabalhando na linha de frente do comércio exterior para que nada falte em nossas casas, lojas, fábricas e hospitais. A priorização da categoria é merecida para que eles possam trabalhar com mais tranquilidade, considerando que o índice de contaminação ainda está alto”.

O secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz, que acompanhou o primeiro dia das aplicações no Porto do Rio, explicou que a imunização dos portuários e aeroportuários foi antecipada por recomendação do Ministério da Saúde, que enviou doses exclusivas para esta campanha: “Trata-se de uma vacinação específica para que possamos realizar uma ação de bloqueio nos portos e aeroportos para se evitar a disseminação de novas variantes do vírus”.

A aplicação da vacina dentro do Porto do Rio de Janeiro ocorre por faixa etária. No primeiro dia, foram vacinados os portuários acima de 35 anos. Nesta quinta-feira (3), de acordo com a orientação passada pela Prefeitura do Rio de Janeiro, serão vacinados os portuários de 40 a 54 anos das 9h às 12h30; e de 35 a 39 anos, das 14h às 16h. Na sexta-feira (4), será a vez dos portuários de 30 a 34 anos, das 9h às 12h30; e de 25 a 29 anos, das 14h às 16h. No sábado (5), serão imunizados os portuários de 18 a 25 anos, das 9h às 12h30; e das 14h às 16h será uma repescagem de todas as idades. A segunda-feira (7) será um dia totalmente destinado a repescagem de todas as idades.

A ação ocorre no armazém 18 do OGMO. Os portuários que estiverem trabalhando no local podem utilizar o acesso interno. Os demais trabalhadores portuários devem acessar o local pelo portão externo do armazém. Somente os portuários contemplados nos grupos dentro dos critérios previamente definidos pela Prefeitura do Rio de Janeiro, empresas arrendatárias e atores que atuam diretamente no Porto do Rio, podem ser vacinados nesta ação específica no porto. Para se vacinar, o portuário cadastrado deve apresentar documento de identificação com foto, CPF e um documento oficial que comprove o exercício efetivo da função de trabalhador portuário ou análoga.  

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui