Prefeito reage à matéria do DIÁRIO DO RIO que mostra novas favelas na Zona Sul do Rio

As casas estão sendo erguidas atrás das ruínas do Teatro Villa Lobos, na Avenida Princesa Isabel

Nesta quarta-feira, 29/12, o DIÁRIO DO RIO noticiou que uma nova favela pode estar surgindo no bairro de Copacabana. As casas estão sendo erguidas atrás das ruínas do Teatro Vila Lobos, na Avenida Princesa Isabel. O prefeito da cidade do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PSD) comentou o caso após ver a notícia publicada no DIÁRIO.

No vídeo, que pode ser visto no paragrafo anterior, Paes fala que já está atento à situação.

Vizinhos vêm relatando o problema de expansão desordenada no local – cada vez mais comum no Rio de Janeiro – nas redes sociais. Os relatos também frisam uma expansão da favela da Babilônia, em direção ao Leme.

Quem passa pela larga avenida no sentido Botafogo às vezes não tem muita noção que logo atrás daquele paredão de edifícios e hotéis, existe um grande espaço entre eles e a montanha. Há, inclusive, uma grande e profunda vila de casas cuja entrada é pelo hotel Merlin Copacabana, além, é claro, do bairro do Leme, que, na verdade, é constituído de toda aquela região.

Advertisement

29 COMENTÁRIOS

  1. A função do Político é levar desespero ao eleitor …uma pessoa cheia de problemas gerados por eles mesmos , não tem cabeça para fiscalizar a roubalheira.

  2. Resposta igual a que recebi da mesma Prefeitura. Disse que fiscaliza a parte frontal do imóvel e na outra reclamação, me responderam que para por placa na rua deveria ter acordo de vizinhos..veja na Av. Atlântica é assim ? Av Brasil é assim ? Quem responde uma imbecilidade deste tipo é exonerado ? Claro que não , ainda deve receber promoção por ter executado a inércia que o Executivo gosta…a Prefeitura está ajudando a este tipo de gente e depois aparece com voto ? Muito estranho mesmo.

  3. A mesma coisa é aquela outra comunidade que está crescendo no Sampaio também mostrada aqui no Diário, mas o subprefeito da Zona Norte respondeu ao membro do skyscrapercity que aquilo não é considerado favela ou comunidade pelo padrão ds casas.

  4. Primeiro ponto: favelas desmataram e desmatam a “protegida” Mata Atlântica e ninguém (autoridades) fala nada! Seria o desmatamento “do bem”!
    Segundo ponto: favela expandindo significa narcotráfico expandindo.

  5. As invasões acontecem por falta de Prefeitura, cobra IPTU e se nega a fazer o invasor de criminoso. A cara de pau é alegar que não sabe se quem é a terra , não sabe que fazer gato na energia é crime , furto de água é normal e os políticos cobrando IPTU das pessoas honestas …tem que tomar um FORA bem sonoro nas próximas eleições.

  6. Diário do Rio, a mesma matéria vale para a Barreira do Vasco, que recentemente atravessou a Rua Ricardo Machado. Não há repressão alguma contra quem invade. O Rio é uma vergonha, não há Estado, é um velho oeste.

  7. O abandono da Zona Norte é lamentável.
    Venho implorando a Comlurb para retirarem caçambas de lixo da esquina da rua Iguaçu com a rua Sanatório em Engenheiro Leal. A pé ou de carro está cada dia mais difícil passar pela rua, insalubre, absurdo. A ordem pública largou construções ilegais no asfalto e calçadas. O abandono e pouco caso só não existe na hora de cobrar o IPTU que hoje está em R$ 2.300,00 em um lugar denegrido, abandonado, considerado de risco, pois nem uma encomenda conseguimos receber. É no mínimo desalentador

  8. Esse Prefeito contribui cada vez mais para a derrocada do bairro de Copacabana. Ele tirou o ponto final da linha dos arrastões, o ônibus 474 de Ipanema e jogou aqui, no Posto 6, apesar das apelações dos moradores para que não fizesse isso.

  9. Construção ilegal puxa outra…na Zona Norte é assim. Quem garante a falsa segurança é o ilícito , construção e comércio ilegais, calçadas como objeto de desejo , e o Prefeito não sabe disso ? A Zona Norte é um lixo abandonado e tudo de ruim está aqui a insegurança tem a maior parte de sua existência acontecendo pela omissão da Prefeitura…Morador de zona norte tem que cobrar do Partido do Prefeito..grana só pro Samba , se fosse o outro era benefício pra religioso…cada um puxa a brasa pro seu lado .

  10. Este é Prefeito do Oba Oba
    Não esta preocupado com a cidade Nós somos responsáveis pq ele nada fez na administração passada e deixamos ele retornar
    Mais um político que não respeita seus eleitores

  11. Poxa vocês poderiam falar um pouquinho da zona norte também hein, acesso o diário do Rio quase todo dia e o jornal parce mais é um diário da zona sul. Zona norte tá abandonada, em diversas regiões do subúrbio e ninguém da atenção.

  12. Não demora muito e vão favelizar a prainha e grumary. Rio de Janeiro só continua lindo com imagens do Corcovado e Pão de Açucar. RJ literalmente acabou.
    Aliás candidatos a prefeiro e governador só porcaria. Na hora que entrar um pra arrumar a casa, com certeza vai pra vala.

  13. Infelizmente não é verdade o comentário do Prefeito .
    Ele tinha é que derrubar essas casas que estão sendo construídas. Vale lembrar que uma boa parte do Leme é área militar. Vamos respeitar os moradores que pagam seus impostos e não tem mais segurança nenhuma…

  14. Esse prefeito só tem propaganda e muito dinheiro para os veículos de comunicação falarem bem dele. Parabéns ao Diário do Rio pela isenção com às críticas pontuais.
    A incompetência do prefeito piorou nessa gestão, ruas esburacadas, bueiros entupidos, iptu caríssimo, inchaço da máquina pública com cargos em comissão e a lista segue….
    Administrar prefeito é fazer muito com pouco!

  15. Tudo isso começou com a família real portuguesa, com os bota-fora, e nunca mais parou. O Brasil é uma favela e o Rio de Janeiro a sede central desse modo de vida. Não tem mais jeito!

  16. Toda vez que isso ocorrer entra com um pedido de desconto ou redução do valor integral do IPTU tendo em vista que o seu imóvel perderá o calor venial com a construção da favela a prefeitura tem a obrigação de combater esse tipo de construção.

  17. Rio babilônia aqui tem de tudo assaltos covid gripe omicro ja esta circulando no rio chegou o verao vem a dengue crescimento desordenado de casas ilegais melicianos vendendo terrenos pra construções de prédios e casas ilegais e o senhor paes só pensa em queima de fogos em copa cabana com agromeracoes carnaval o prefeito paes quer mais que o rio se explora isso é o Rio babilônia 40 graus

  18. Rio entregue as baratas. Prefeito com políticas populistas e direcionando o dinheiro do carioca para a mídia e imprensa que o apoiam. O governador só vai investir em 2022 ano de eleições. Bem feito para nós que colocamos esses trastes lá.

  19. A inação da Prefeitura é antiga, leniente com as invasões ilegais por um lado enquanto cobradora e tomadora de direitos ferrenha do outro, isso já vem das legislatura anteriores do Alcaide e por isso parece mais uma forma de politica do que acidente ou casos pontuais. Sorte da Zona sul que parece merecer ainda alguma iniciativa do Alcaide, no Grajaú estamos há muito com problemas similares e não adianta oficiar, 1746 (kkk), noticias de jornais resultado ZERO. Mas o IPTU…

  20. O Rio de Janeiro se transformou num desordenado aglomerado de “comunidades”. A prefeitura perdeu as rédeas nesse assunto, e só quer administrar multas e contratos milionários do Oba Oba!. Nossa cidade está a um passo do caos.

  21. Infelizmente eu votei no E.P. e o problema na P.do Rio é de inércia. Construção ilegal reclamada no Conselho de Arquitetura e outros órgão , com encaminhamento a Prefeitura , não prossegue( essa eu fiz) ,mas, a obra em minha residência foi cobrado imposto de 9 mil reais…se não fiscaliza obra do lado que deprecia o imóvel vizinho , nem deveria cobrar 9 mil e isso veio da outra gestão , a que era ruim até chegar na gestão atual , que seria a boa gestão. parece que fiscalizam por algo pessoal, aqui se faz , ali não.. horrível.

  22. Isso têm muito a ver com ” corretores clandestinos”quê sabendo dá inoperância e vistas grossas nas fiscalização do poder público estão fazendo ás mesmas coisas quê aconteceu no governo Brizola quê até incentivos pára ás pessoas virem pára o Rio de janeiro quê na época dos CIEPs aconteceu e hoje não é diferente têm malandro por trás dessas corretagens até gente dê fora do estado quê já viram quê no Rio de janeiro tá molezinha ganhar dinheiro fácil, ás coisas está fugindo do controle ou agem agora ou definitivamente seremos uma terra dê Malboro onde os mais audaciosos vencem.

  23. Diário do Rio, alerte que são vários os pontos de favelização.
    Avenida das Américas na altura da Estrada do Magarça na zona oeste tem vários pontos de ocupação irregular. Também subida da Grota Funda sentido ilha de Guaratiba entre outros vários pontos. O Rio continua entregue…

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui