Foto: Marcelo Piu/Prefeitura do Rio

Nesta quarta-feira (08/09), o prefeito Eduardo Paes anunciou a conclusão das obras na Vila do Pan, em Jacarepaguá, Zona Oeste. Desde a sua inauguração, em 2007, o conjunto de oito condomínios tem sofrido com afundamento das ruas de seu entorno. Segundo a Prefeitura, será feita a recuperação da infraestrutura da Avenida Cláudio Besserman Vianna, com a execução de obras de estaqueamento, drenagem, pavimentação, sinalização e urbanização. O investimento total é de R$ 48 milhões.

Esperamos que esse investimento que estamos fazendo agora seja definitivo. Pedi aos moradores que façam uma comissão para acompanhar os detalhes da execução das obras, esse controle da sociedade é importante. Não é possível gastar mais R$ 48 milhões e depois ter que voltar aqui,  porque a rua está afundando e tem risco para os prédios“, disse o prefeito, que estava acompanhado dos secretários de Fazenda e Planejamento, Pedro Paulo, e de Habitação, Cláudio Caiado.

Haverá ainda um processo de licitação para a escolha da empresa que vai realizar a obra, que inclui também a recuperação do sistema de abastecimento das concessionárias de água, gás e esgoto. A tendência é que antes do fim do ano o trabalho seja iniciado.

Queremos resolver de vez a angústia desses moradores que compraram o seu imóvel, que só desvaloriza e gera risco para esse conjunto de condomínios. Nossa equipe de técnicos e engenheiros da Geo-Rio apresentou um projeto para resolver, em definitivo, o problema da Vila do Pan“, afirmou o secretário Pedro Paulo.

Essa é a terceira vez que a Vila do Pan passa por obras de recuperação. O conjunto de condomínios tem cerca de cinco mil moradores, que vivem em 1.480 apartamentos.  O presidente da Associação de Condomínio da Vila do Pan (Acvpan), Marcos Antônio de Souza, espera que o problema de afundamento das ruas seja solucionado de vez. Ele conta que há anos tem reivindicado a conclusão das obras junto ao poder público. 

Nós, moradores, recebemos com alento esse anúncio da Prefeitura. Além de todo o transtorno que esse problema traz, com despesas extras de esgoto, água e gás, tem também a desvalorização do imóvel. Um apartamento aqui já foi a leilão por R$ 350 mil, quando valia cerca de R$ 2 milhões“, disse.

O anúncio das obras na Vila do Pan também foi acompanhado pelos subprefeitos da Barra da Tijuca, Rafael Lima, e de Jacarepaguá, Talita Galhardo, e pelo presidente da Câmara de Vereadores, Carlo Caiado.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui