Movimentação na Rua Gonçalves Dias, no Centro do Rio - Foto Cleomir Tavares/Diário do Rio

Durante a divulgação da 39ª edição do Boletim Epidemiológico, na manhã desta sexta-feira (01/10), o secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz, falou sobre o uso de máscaras no município. Segundo ele, em novembro, com 100% da população vacinada, será possível pensar no fim das máscaras.

Nos eventos-teste, onde a população está totalmente testada – o teste a vacina são garantias – é outro panorama. Temos 65% da população totalmente vacinada. Em novembro, com 100% da população totalmente vacinada, é um momento mais propício para debater o fim das máscaras”, disse.

A exceção em relação ao uso de máscaras são os eventos-teste autorizados pela Prefeitura, onde os cariocas poderão ficar sem máscara, mas deverão fazer testes de RT-PCR e comprovar a vacinação.

Soranz falou ainda que tem sido cada vez mais difícil manter as pessoas usando máscara, mas que ainda é uma proteção importante contra a Covid.

“Não é simples. Vamos completar dois anos de pandemia. Mas nesse momento, nosso entendimento é que não se pode abolir o uso de máscara na cidade do Rio”, disse ainda.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui