Prefeitura do Rio dá início às obras do Parque Realengo, na Zona Oeste

Projeto pretende criar uma área de lazer para a população com jardins aquáticos, quadras poliesportivas, pista para skate e também está prevista a construção de um minimercado; o Parque será concluído em 2024 e tem um orçamento de R$72 milhões

Foto: Divulgação

A Zona Oeste do Rio irá ganhar um Parque natural para chamar de seu. A partir deste sábado, (03/09), serão iniciadas obras para a construção do Parque Realengo. O primeiro espaço verde da região terá mais de 80 mil m², com ilhas de calor e alagamentos com a criação de jardins com plantas aquáticas em lagos artificiais.

O prefeito do Rio, Eduardo Paes, esteve presente no início das obras do Parque e afirmou que a população da Zona Oeste não tem essa opção de lazer. “Esse espaço deve trazer um impacto importante na qualidade de vida de uma das regiões mais adensadas do Rio, assim como aconteceu quando o Parque Madureira foi aberto”, conclui Paes.

Segundo o Município, a construção do Parque Realengo é uma das metas do Planejamento Estratégico da Prefeitura do Rio até 2024 e serão investidos cerca de R$ 72 milhões.

Foto: Divulgação

O projeto promete manter o bosque de Mata Atlântica, que tem mais de 7,2 mil metros quadrados e plantio de mais espécimes. A promessa é que haverá ainda uma área de 3,5 mil metros com oito churrasqueiras, quadras poliesportivas, basquete, pista para skate e muro de escalada. Também está prevista a construção de um minimercado com nove lojas, além de uma horta e um pomar.

A área de lazer vai ocupar parte do terreno de uma fábrica de cartuchos do Exército desativada há mais de quatro décadas. A fábrica fechou depois que a União criou a Indústria de Material Bélico Brasileiro (Imbel), que passou a centralizar a produção para as Forças Armadas.

Advertisement

13 COMENTÁRIOS

  1. Bom dia!

    Estou indignado com essa notícia, o projeto da poupex traria mais vida ao local, que já não tem quase residência próximo. Agora o parque dos cracudos, maconheiros e ladrão.

  2. Vai acontecer igualzinho ao piscinão de Deodoro, ele faz a obra que a forma mais fácil de desviar o nosso dinheiro para o bolso dele e depois deixa a deus dará. Safado!!!

  3. Sou criado em realengo ao redor existi uma clínica da família que pegou fogo está abandonada do outro lado na rua Carlos Venceslau existi um abrigo da prefeitura de ex morador de rua abandonado a décadas o terreno pra esse novo projeto é bom mas as intenções políticas não abram o olho. Realengo tá abandonado ruas sem asfalto e falta de projetos sociais .

  4. Dudu não é mole, o que esses políticos não fazem pra desviar dinheiro público!!!! 72 milhões??? A última cartada, se caso ele não for reeleito, literalmente o povo não sabe votar, ninguém merece!

  5. A população deveria ir pra rua e protestar. Impedir este absurdo. O prefeito não consegue garantir um atendimento básico nos serviços essenciais, como saúde educação e uma cidade limpa e organizada. Aí vem, em época eleitoreira gastar dinheiro que o município não tem, pois são empréstimos tomados de instituição como o BNDS, CAIXA etc, com cunho de necessidade social. Enquanto o cidadão estiver esperando horas num atendimento em uma UPA, ou Clínica da família; enquanto a fila de exames e cirurgias nos hospitais forem infindáveis; enquanto as pessoas mais carentes estiverem esperando anos por uma prótese, enquanto as ruas estiverem esburacadas e as praças e parques já existentes estiverem largadas acumulando lixos e usuários de drogas, pra que mais um elefante branco pra gastar milhões na construção e depois abandonar. A única resposta é: as empreiteiras dos amigos do rei faturarem, e o rei também embolsar uma grana, pra depois do mandato voltar pra Nova Iorque. Chega a população não pode aceitar tudo. Os governantes foram eleitos para servir ao povo, com um bom mandato, dado pelo povo.

  6. Fazer a obra é mole, quero ver a manutenção e preservação do espaço. A cidade da criança em santa cruz está abandonada a anos, descaso e desperdício de dinheiro público, o receio é que aconteça o mesmo com esse novo parque. Sinceramente, não dá pra confiar…

  7. Mais uma Cracolândia bancada com nosso dinheiro,e se tratando do Dudu ladrãozinho, ainda vai ter a roubalheira geral,um monte de escolas e hospitais precisando e o bandido vai gastar sententami nessa merda

  8. As ruas de Realengo em péssimo estado de conservação,e lá me vem Dudu das obras para empresários lucrar com concessão,fazer parque para depois não ter manutenção,
    Mais uma obra feita com o nosso dinheiro e depois de pronta provavelmente será entregue nas mãos de empresários para cobrar por entrada para o povo frequentar.
    Como ele fez a linha amarela e a transolimpica.
    Que deus nos proteja.

  9. O governo do estado e a prefeitura do Rio não conseguem dar conta nem da principal praça de Realengo, a praça Padre Miguel, uma pracinha minúscula de 30mX60m, local abandonado, que é ocupado por cracudos e mendigos (inclusive com construções de barracos já existentes), local sem policiamento, a cabine da PM abandonada a anos está se deteriorando, moradores e transeuntes sofrendo constantemente com assaltos. A praça não possui nem sequer uma lixeira. Agora para quererem se aparecer em época de eleição, políticos oportunistas, estão novamente com essa conversa de Parque Realengo, uma mega Cracolândia, esconderijo para bandidos, local de baderneiros e desocupados que tornarão a vida dos moradores do entorno um inferno! Lamentável esta notícia!

  10. Essa área esta cada vez mais virando uma feira de acarir com invasão de botequim, ferro velho, estacionamento de carros etc: seria ótimo essa obra mais claro não esquecendo principalmente da segurança, agradeço desde já.

  11. Tenho 50 anos, sou nascido em realengo, realmente a cada ano vem crescendo muito a ocupação de moradores de rua e usuários de drogas na região além do crescente número de assaltos, vai precisar que a ordem e a segurança seja restabelecida na região ou ñ vai adiantar nada, só perca de dinheiro público!

  12. Eu não acredito até estar pronto. A Região próximo do parque está com expansão imobiliária de buteco, puxadinho, venda de bebidas alcoólicas no meio da vai público. Moro na região há uma década só observo piorar ao entorno… É tem muita população de rua , se não tiver fiscalização vai ficar pior do que está. É vai ser igual a praça público que tem um espaço ocupado com buteco…

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui