Equipe da Prefeitura atuando em demolição em Vigário Geral - Foto: Divulgação

Uma ação da Prefeitura do Rio de Janeiro, representada pelas secretarias municipais de Conservação (Seconserva) e de Ordem Pública (Seop), demoliu, na última quinta-feira (22/04), construções irregulares em Vigário Geral, na Zona Norte do Rio de Janeiro. O trabalho foi conduzido pela Coordenadoria Técnica de Operações Especiais (Coope), vinculada à Seconserva.

Na Rua Fernandes da Cunha, por exemplo, foi derrubada uma construção em fase de alvenaria, com um pavimento e cobertura metálica, que seria destinada à atividade comercial e estava sendo erguida em área de passeio público. Também foram retiradas ligações clandestinas de água que abasteciam a edificação.

Já na Rua Professor Costa Ribeiro, foram demolidos 3 acréscimos irregulares em residências, construídos em estrutura metálica e telha, que estavam sobre a calçada e serviam como garagem. Também foi retirada uma construção em estrutura metálica coberta com lona, utilizada como oficina mecânica.

Vale destacar que a operação em Vigário Geral teve a participação de 35 servidores e contou com o apoio da Coordenadoria Geral de Operações Especiais (CGOE), da Guarda Municipal, da Polícia Militar, da Comlurb, da Cedae, da Light e da Controladoria de Controle Urbano (CCU). Para o trabalho, a equipe usou uma retroescavadeira, 2 caminhões e 9 viaturas. Foram retiradas cerca de 20 toneladas de entulho.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui