Bandeiras na Avenida Princesa Isabel – Rodrigo Andrade / Prefeitura do Rio

A Secretaria Municipal de Conservação, em parceria com o Sindicato de Hotéis e Meios de Hospedagem do Município do Rio (HotéisRio), devolveu à cidade as bandeiras históricas do país, tradicionalmente localizadas na Avenida Princesa Isabel, em Copacabana. A cerimônia de entrega foi realizada na manhã desta sexta-feira (15/10).

Antes da atual, o Brasil teve outras 12 bandeiras, sendo que apenas 3 foram criadas após a independência do Brasil – as anteriores eram portuguesas, utilizadas no país da época de Pedro Álvares Cabral até 1822. Agora, quem passar pela Avenida Princesa Isabel poderá ver todas tremulando em seus mastros e saber detalhes de cada uma delas, lendo a placa comemorativa instalada no local.

Para a secretária de Conservação, Anna Laura Secco, dar atenção aos detalhes que compõem a paisagem carioca também é uma forma de preservar a história:

Manter os monumentos e hastear nossas bandeiras em pontos importantes da cidade sempre foi um compromisso do Prefeito Eduardo Paes, um apaixonado pelo Rio. É motivo de orgulho para a Conservação zelar não somente pela parte operacional, como é o caso da manutenção do sistema de drenagem, mas também pelas belezas e pela cultura da Cidade Maravilhosa.

Placa com informações das bandeiras – Rodrigo Andrade / Prefeitura do Rio

Além do hasteamento das bandeiras, a equipe da Conservação também executou serviços no entorno, como reparo do piso em pedras portuguesas na Avenida Princesa Isabel A ação teve o apoio da RioLuz, que cuidou da iluminação e cedeu o caminhão para que as bandeiras fossem colocadas em seus mastros, e da Comlurb, que atuou com limpeza e pintura.

2 COMENTÁRIOS

  1. Parabéns, Pref. Eduardo Paes pelas bandeiras em Copacabana, que na -Zona Sul – é a cara do Rio. Uma plástica no bairro cairia bem! Apesar do abandono os turistas apaixonados pelo seu “magnetismo” lotam seus hotéis.
    Leva fé, Prefeito, dê um trato em Copa, e jamais se arrependerá!

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui