A Secretaria Municipal de Assistência Social realizará a partir de desta segunda-feira, 04/01, às 8h, saindo da Candelária, centro da cidade, uma ação integrada de abordagem social para atender, acompanhar e acolher a população em situação de rua, com o envolvimento de outros órgãos municipais.

Vamos implementar um fluxo integrado entre diferentes serviços e órgãos para que os que precisam tenham acesso à rede e aos benefícios assistenciais”, explicou a secretária de Assistência Social, Laura Carneiro.

Segundo Laura, a ação integrada mapeará a situação real das ruas para aperfeiçoar políticas públicas e atender essa população vulnerável de maneira mais eficiente, intensificando o enfrentamento à covid-19.

Em recente censo feito pela Prefeitura do Rio, ainda na gestão Marcelo Crivella (Republicanos), foi divulgado no número de 7 mil moradores de rua no Rio de Janeiro. O número é baixo se comparado com dados da Defensoria Pública do Estado do Rio, que aponta mais de 15 mil.

De acordo com a Defensoria, a cidade do Rio de Janeiro possui a segunda maior população de pessoas vivendo nas ruas do Brasil, perdendo somente para São Paulo.

1 COMENTÁRIO

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui