Prefeitura do Rio atuando contra festa na Zona Oeste - Foto: Divulgação

Na tarde do último domingo (25/04), a Prefeitura do Rio de Janeiro interrompeu uma festa que reunia aproximadamente 500 pessoas na Rua Filismino de Moura, em Campo Grande, na Zona Oeste da capital fluminense.

O evento, realizado sem autorização do poder público, foi monitorado pelo setor de inteligência da Secretaria de Ordem Pública (Seop). Quando a equipe de fiscalização chegou ao local, teve o acesso impedido por seguranças do evento. Com apoio de policiais militares e guardas municipais, o espaço do evento foi acessado e foi constatada aglomeração de pessoas, que não utilizavam máscaras de proteção facial.

O responsável foi multado por violação de medida sanitária. O público presente foi dispersado pelos agentes. A realização de eventos de qualquer natureza, festas, rodas de samba, em áreas públicas e particulares; bem como o funcionamento de boates, danceterias, salões de dança e casas de espetáculo seguem proibidas na cidade.

No primeiro fim de semana de vigência das medidas determinadas pelo decreto nº 48.787, a Prefeitura do Rio registrou 2.416 autuações – entre multas e interdições a estabelecimentos, infrações sanitárias, multas de trânsito, reboques e apreensões de mercadorias. Ao todo, os fiscais multaram 145 bares, restaurantes e ambulantes e fecharam 34 estabelecimentos flagrados descumprindo o decreto.

1 COMENTÁRIO

  1. Acho maneiro esse lance de as pessoas serem dispersadas. É tipo as drogas né!?comprar pode, mas vender não pode. Em breve essa modalidade de combate será utilizada pra pecas de veículos.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui