Prefeitura do Rio lança A Caminho da Escola 2.0 em Realengo

Programa A Caminho da Escola 2.0 é lançado para alunos da rede municipal do Rio circularem numa cidade mais acolhedora

Como ficará área de Realengo perto de duas escolas municipais - Reprodução

A CET-Rio, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação, lançou nesta terça-feira (07/12), em Realengo, na Zona Oeste, o programa A Caminho da Escola 2.0, voltado à educação no trânsito. A iniciativa pretende criar um espaço público de excelência, permitindo que alunos e funcionários da rede municipal de ensino do Rio circulem numa cidade considerada acolhedora. Esse projeto destaca a revitalização da sinalização no entorno das escolas, buscando criar um ambiente de excelência e fazer das crianças agentes multiplicadores de boas práticas.

Segundo dados do Ministério da Saúde, o trânsito é a principal causa de mortes na faixa etária de 5 a 14 anos no Brasil. De janeiro a agosto deste ano, o SUS já totalizou mais de seis mil crianças e jovens hospitalizados em estado grave devido a atropelamentos no país.

A ação conta com o apoio da Subprefeitura da Zona Oeste e ocorre em Realengo, perto de duas escolas municipais – CIEP Frei Veloso e Stella Guerra Duval -, é um projeto piloto do programa apoiado pelo Instituto de Políticas de Transporte e Desenvolvimento (ITDP Brasil) e pela FIA Foundation. Além disso, durante este segundo semestre foi realizado um curso de sensibilização para coordenadores e técnicos de todas as Coordenadorias Regionais de Tráfego da CET-Rio a fim de aprimorar diagnósticos e apresentar ideias mais contemporâneas sobre segurança viária que levem à redução de acidentes. Estão sendo discutidas medidas como melhorias na sinalização, nas travessias de pedestres e na infraestrutura de ciclovias.

A CET-Rio pretende realizar ao menos 18 intervenções urbanísticas por ano, com foco na segurança viária e na melhoria das condições de circulação de pedestres e ciclistas no entorno de unidades municipais de ensino. A escolha das escolas será por meio de análise da situação do trânsito e da quantidade de acidentes registrados no entorno.

A CET-Rio levará às escolas projetos educativos para introduzir o assunto e estimular a discussão sobre segurança viária. Também serão criados mapas de risco pela comunidade escolar, que vão ajudar a entender as características de cada área.

Projeto Piloto

A intervenção piloto do Programa A Caminho da Escola 2.0 será em Realengo, bairro da Zona Oeste do Rio de Janeiro. A ação irá tornar a Rua Capitão Teixeira e os quarteirões próximos mais seguros para crianças e adolescentes. A rua foi escolhida por dar acesso às escolas municipais CIEP Frei Veloso e Stella Guerra Duval. A região foi selecionada com base no número de sinistros de trânsito entre 2016 e 2020 e na quantidade de equipamentos públicos existentes no entorno.

A CET-Rio e o ITDP realizaram atividades com os professores e os estudantes para mapear os principais desafios que enfrentam no caminho de casa até a escola. A inclusão dos alunos nas atividades faz com que as crianças sejam futuras multiplicadoras de boas práticas para além do ambiente escolar.

A intervenção em Realengo é a primeira de uma série de ações que a CET-Rio planeja realizar com o programa A Caminho da Escola 2.0. A expectativa é expandir as intervenções no entorno das escolas e fazer com que as crianças participem efetivamente da melhoria do espaço público e que a segurança viária passe a ser tema de discussão em todas as escolas.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui