Foto: Divulgação/Prefeitura

A Prefeitura do Rio está promovendo uma reflexão sobre a importância do planeta e da luta em defesa do meio ambiente. Em ação conjunta com a Fundação Parques e Jardins (FPJ), vinculada à Secretaria do Meio Ambiente, serão realizados plantios simbólicos em cinco locais da cidade, nesta quinta-feira (22/04), data em que é celebrado o Dia Mundial da Terra.

Os locais foram escolhidos em parceria com os coletivos de plantio urbano que, além de auxiliar a FPJ, vão realizar ações individuais de conscientização. Os plantios terão início na AP1, no Campo de Santana, às 9h. Durante o dia também serão realizados plantios no Largo do Machado (AP2), no àcesso a Igreja da Penha (AP3), na Estrada de Jacarepaguá (AP4), Praça do Canhão, em Realengo, (AP5).

Em todos os locais serão distribuídas mudas de boldo do Chile, capim santo, citronela, cebolinha e maracujá. De acordo com a coordenadora do evento pela FPJ, Jane Paulino, serão apresentadas atividades de pintura, música, poesia, reciclagem e ‘Silvoterapia’, que é a arte de abraçar árvores.

“O importante é estarmos conectados para juntos celebrarmos o lugar em que vivemos, sensibilizando o maior número possível de pessoas sobre a importância da conservação do nosso planeta”, afirma Jane Paulino.

A Fundação Parques e Jardins também está convidando seus parceiros e seguidores nas redes sociais para celebrarem a data em ações individuais, que serão transmitidas pela Internet ao longo do dia. As ações serão transmitidas ao vivo pelos perfis da FPJ no Facebook e no Instagram.

Costa do mar, do Rio, Carioca, da Zona Sul à Oeste, litorânea e pisciana. Como peixe nos meandros da cidade, circulante, aspirante à justiça - advogada, engajada, jornalista aspirante. Do tantã das avenidas, dos blocos de carnaval à força de transformação da política acreditando na informação como salvaguarda de um novo tempo: sonhadora ansiosa por fazer-valer!

1 COMENTÁRIO

  1. Iniciativa que deveria contaminar todos os cariocas e fluminenses.
    A Secretaria do Meio Ambiente com a Fundação Parques e Jardins poderia fazer ações de incentivo, campanhas pelos bairros para arborizar cada rua.

    Lógico, com um estudo bem apurado para saber o tipo de árvore, palmeiras mais interessante para as ruas.
    O momento vem bem a calhar, quando nesta pandemia estão todos voltados mais para as suas casas, seus espaços. — vide o aumento nas vendas de mudas de todas as espécies de plantas. Viva o Verde! A nossa qualidade de vida agradece.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui