Prefeitura do Rio promoverá a campanha ‘Minha Pata não tem Sola’ no dia Dia Internacional do Animal de Estimação

A campanha acontecerá no próximo domingo, dia 20/02, na Praia de Ipanema, no posto 9, em frente à Rua Joana Angélica, a partir das 9h

Campanha Minha Pata não tem Sola, da Prefeitura do Rio, pretende alertar tutores sobre as queimaduras nas patinhas dos cães durante passeios / Reprodução: Internet

No próximo domingo, dia 20/02, será celebrado o Dia Internacional do Animal de Estimação, e a Prefeitura da cidade do Rio de Janeiro, através da Secretaria Municipal de Proteção e Defesa dos Animais (SMPDA), promoverá a campanha Minha Pata não tem Sola, na Praia de Ipanema, no posto 9, em frente à Rua Joana Angélica, a partir das 9h. Durante o evento o poder público municipal distribuirá 20 mil panfletos falando sobre como proteger os animais durante o escaldante verão carioca.

Muitos tutores não levam em consideração que os animais sofrem queimaduras durante passeios na calçada ou na praia. O que pode parecer simples para o ser humano, às vezes, pode representar um grande sofrimento para o animal. Por isso, a ação da SMPDA visa alertar os cariocas sobre as queimadoras nos coxins, a almofada das patas caninas. Segundo veterinários da instituição, a lesão nessa parte sensível é de difícil tratamento.

A subsecretária e médica veterinária Andrea Lambert destaca que a campanha Minha Pata não tem Sola “é muito importante para esclarecer os tutores sobre os danos causados pelo asfalto quente nas patinhas dos cachorros, e assim, evitar graves lesões que causam grande sofrimento ao animal”.

Reynaldo Velloso, presidente da Comissão de Proteção e Defesa dos Animais da OAB-RJ, destacou ainda que “estas ações são muito eficientes na medida em que esclarecem a sociedade dos males causados nestas épocas quentes”.

Como evitar queimaduras

Os tutores devem passear com os seus cães em horários de sol baixo, ou seja, antes das 8h ou depois das 20h. Para testar a temperatura do solo, o responsável deve andar descalço ou colocar a mão no chão. Às vezes, mesmo depois do sol ter se posto, o chão continua quente.

Gramados ou chão com sombra são um boa opção ao asfalto, pois são sempre mais frescos por não receberem luz direta. Outra dica é umedecer as patas dos cachorros durante o passeio, além de dar-lhes água durante o passeio.

Em caso de queimadura ou descolamento de pele nos coxins, pata descascando ou machucada, o tutor deve levar o animal urgentemente a um veterinário para o devido tratamento das lesões.

SERVIÇO:

Dia: 20/2 Domingo

Horário: a partir das 9h

Local: Praia de Ipanema, Posto 9, em frente a Rua Joana Angélica

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui