Agentes da Secretaria Municipal de Assistência Social na ação - Foto: Divulgação/Prefeitura do Rio

Na madrugada desta sexta-feira (05/02), a Prefeitura do Rio de Janeiro, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, realizou mais uma ação de atendimento e acolhimento a usuários de crack na Avenida Brasil, na região do Viaduto Brigadeiro Trompowski e do Parque União, na altura de Bonsucesso, na Zona Norte da capital fluminense.

Lá, foram retirados todos os pedaços de madeira, colchonetes danificados e panos encardidos que, de maneira precária, abrigavam 25 usuários, sendo 15 abordados, 9 atendidos e 3 acolhidos por comunidades terapêuticas da rede social da Prefeitura. Vale ressaltar que esse trabalho agora é sistemático, dentro da política pública de promoção do resgate social dos usuários de crack.

Ação de assistência social sendo realizada na madrugada desta sexta (05/02) na Avenida Brasil – Foto: Divulgação/Prefeitura do Rio

Na semana passada, nesses mesmos locais, estavam 57 usuários, com 21 sendo atendidos e 8 acolhidos. Como a legislação só permite o acolhimento daqueles que querem assim desejam, por livre e espontânea vontade, a cada ação as equipes da Secretaria tentam convencer essa população a receberem a assistência social necessária em cada caso, além de encaminhá-los a tratamentos que os livrem da droga.

A força-tarefa, integrada também pela Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop), Comlurb e Companhia de Engenharia de Tráfego (CET-Rio), e contou nesta madrugada com o apoio da 4ª Companhia do Batalhão de Policiamento em Vias Expressas. A Coordenadoria de Drogas historicamente integrava a Seop e passou a fazer parte da Secretaria Municipal de Assistência Social na primeira semana da nova gestão.

1 COMENTÁRIO

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui