Aglomeração na boate Pink Flamingo, em Copacabana - Foto: Divulgação/Seop

A Prefeitura do Rio de Janeiro, por meio da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop), reprimiu, na noite do último sábado (04/09), alguns eventos que aconteciam irregularmente em pontos diferentes da capital fluminense.

Na Barra da Tijuca, Zona Oeste, um evento clandestino que acontecia no Bar Bella Marina, foi interrompido após os agentes chegarem ao local e constatarem que o mesmo continha aglomeração (aproximadamente 700 pessoas) e estava sendo realizado sem a devida autorização necessária para tal.

A festa foi suspensa e o público presente retirado do local. Em meio a isso, um homem foi conduzido pela Guarda Municipal para a 16ª DP (Barra) por desacatar os agentes durante a fiscalização. Vale destacar que o mesmo estabelecimento já havia sido interditado em operações anteriores pela Vigilância Sanitária.

Ainda na Zona Oeste, desta vez no Recreio dos Bandeirantes, a fiscalização municipal interrompeu um evento que acontecia no Brooks Pub, localizado próximo à Praça Seis. Por lá, havia cerca de 100 pessoas aglomeradas em um espaço muito pequeno. O estabelecimento também foi interditado pela Vigilância Sanitária.

Temos o Imóvel que você procura. Block Imóveis

Já na Zona Sul, mais precisamente em Copacabana, a boate Pink Flamingo foi interditada após denúncia de funcionamento irregular. Aproximadamente 100 pessoas estavam no local. Vale lembrar que o decreto atualmente em vigor na cidade, contendo medidas restritivas, proíbe o funcionamento de boates. O estabelecimento foi interditado pela Vigilância Sanitária.

Vale ressaltar que, entre a noite de sexta-feira (03/09) e a madrugada deste domingo (05/09), foram registradas, ao todo, 53 infrações sanitárias (incluindo multas aplicadas a pessoas flagradas sem máscara de proteção facial e a bares e estabelecimentos por descumprimento das regras contidas em decreto municipal) em toda a cidade.

Os comboios de fiscalização da Prefeitura são formados por agentes da Seop, Guarda Municipal e Vigilância Sanitária. Além disso, a operação conta com apoio também da Polícia Militar.

1 COMENTÁRIO

  1. Venham checar as festas no subúrbio todo fim de semana. Coronavírus já acabou nesses locais, parece-me. OBS: para mandar parar as festas no subúrbio não basta vir com os formulários e lacres – tem que vir com o culhão também.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui