Foto: Reprodução

Foi divulgado, nesta quarta-feira, 31/12, pela Prefeitura, um Censo feito entre os dias 26 e 29 de outubro que aponta para a existência 7.272 pessoas vivendo nas ruas da cidade. O levantamento mais recente da Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro estima que sejam pelo menos 15 mil nesta situação.

O número da Prefeitura representa praticamente a metade dos 14 mil encontrados em uma pesquisa feita por ela mesma em 2016. A justificativa é a diferença que se dá por conta da metodologia diversa da que foi utilizada anteriormente.

“Até agora os dados eram obscuros. Em 2013, um levantamento apresentou 5 mil indivíduos vivendo nas ruas. Em 2016, eram mais de 14 mil. Entretanto, nenhum desses levantamentos apresentou uma metodologia específica, e por isso temos a certeza de que os números agora apresentados representam fielmente um raio-x da realidade da população em situação de rua”, explicou a secretária municipal de Assistência Social, Tia Ju.

De acordo com a Defensoria, a cidade do Rio de Janeiro possui a segunda maior população de pessoas vivendo nas ruas do Brasil, perdendo somente para São Paulo.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui