Foto: Reprodução TV Globo

A Prefeitura realizou pela primeira vez uma ação para fiscalizar linhas de ônibus que circulam na cidade do Rio nesta quinta-feira (11/07). Agentes da Secretaria Municipal de Envelhecimento Saudável, Qualidade de Vida e Eventos atenderam denúncias sobre desrespeito de motoristas em relação à gratuidade. A ação, batizada de Operação Direito do Idoso, ocorreu na Tijuca, em parceria com a Secretaria Municipal de Transportes (SMTR).

Segundo registros do 1746, as linhas que recebem mais denúncias são 410 (Saens Peña-Gávea) e a 422 (Grajaú-Cosme Velho). Os idosos reclamam que têm dificuldades para embarcar porque vários motoristas não costumam parar no ponto para eles.

Em cerca de quarenta minutos, fiscais flagraram dois motoristas do 410 que não pararam para uma idosa que fez sinal, num ponto da Rua Conde de Bonfim. No ponto seguinte, eles foram interceptados pelos agentes da SMTR e, a empresa, multada em R$ 1.778,40 (520 Ufir-RJ) por cada infração.

O secretário de Envelhecimento Saudável, Qualidade de Vida e Eventos, Felipe Michel, que participou da operação, conversou com os motoristas para que eles se conscientizem e possam transmitir o recado aos colegas:

Esta é a primeira ação da Operação Direito do Idoso que a prefeitura está promovendo. Assim que assumimos a secretaria, fizemos um levantamento das maiores reclamações recebidas pelo 1746 e constatamos que desrespeito à gratuidade e violência contra idosos são as campeãs de denúncias. Nesta sexta-feira estaremos em mais pontos da cidade para orientar a população sobre os canais de reclamação. As ações serão frequentes“.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui