Prefeitura inaugura posto veterinário da Praça Seca, em Jacarepaguá

A unidade veterinária tem capacidade para 600 castrações por mês e 1.000 atendimentos clínicos gratuitos

Fotos: Subprefeitura de Jacarepaguá

No último domingo, (21/08), a Secretaria Municipal de Proteção e Defesa dos Animais (SMPDA) inaugurou um posto de atendimento clínico veterinário na Praça Seca, em Jacarepaguá. A unidade oferece cirurgias de castração, com serviços inteiramente gratuitos para a população. O atendimento ao público começou nesta segunda-feira, (22/08).

O novo posto veterinário está localizado na mesma área do anterior, pertencente à extinta SEPDA, desativado pelo então prefeito Marcello Crivella, em 2017.

A unidade atenderá inicialmente cerca de 600 castrações por mês, e 1.000 atendimentos clínicos gratuitos, focando a região de Jacarepaguá, uma das mais populosas da cidade.

“A reativação do posto na Praça Seca é a realização do anseio da proteção animal e também corrige uma deformação em nossa política pública, já que a região não continha nenhum equipamento público de nosso órgão, como também significará o primeiro grande passo da expansão do Programa Bicho Rio na cidade do Rio de Janeiro”, explicou o secretário Vinícius Cordeiro.

A subprefeita de Jacarepaguá, Talita Galhardo, comemorou a inauguração. “É maravilhoso ver que estamos atendendo a mais um um pedido da população da região. O atual orçamento dispensado para a causa animal na cidade do Rio de Janeiro é o maior do Brasil. Isso me dá muita alegria. Parabéns a todos os envolvidos. Nossos bichinhos merecem”.

Fotos: Subprefeitura de Jacarepaguá

Para a protetora de animais, Luciana Ramos, moradora da Praça Seca, a reabertura do posto é uma grande conquista. “O retorno do centro de castração nos possibilita fazer o trabalho com mais afinco. Conseguimos castrar muito mais animais, pois quando precisamos levar para castrar em algum bairro longe, temos altos gastos com transporte. Agora, vamos dar continuidade ao trabalho que fazemos com todo amor e dedicação. Além da economia no transporte, também ganhamos ao evitar estresse aos bichinhos. Os animais ficam muito incomodados quando precisam viajar longas distâncias em transporte e com isso sofrem ainda mais”, explica Luciana.

Atendimento clínico:

Será por ordem de chegada, de segunda a sexta, das 08 às 14h. A triagem começará às 8h da manhã. É necessária a apresentação dos seguintes documentos: Identidade, CPF e comprovante de residência.

Agendamento de castrações: Para fazer o agendamento, a população e os protetores cadastrados na Secretaria (SMPDA) devem acessar o site da Prefeitura pelo link:http://saa.rio.rj.gov.br/pessoapublico/índex

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui