(Foto: Beth Santos/Prefeitura do Rio)

A Prefeitura do Rio lançou, nesta sexta-feira (08/10), o Programa Economia sobre Rodas – Truck Rio. O objetivo é formalizar empreendedores, incentivando o desenvolvimento de atividades econômicas, especialmente no setor de alimentação e serviços. Capitaneado pela Coordenadoria de Diálogos Setoriais (Cedi), da Secretaria de Governo e Integridade Pública (Segovi), o programa foi idealizado para regularizar um mercado que segue crescendo e se consolidando como alternativa de acesso à renda para muitos trabalhadores cariocas. Nesta sexta-feira (08/10), no Centro Administrativo São Sebastião (CASS), sede da prefeitura, o prefeito Eduardo Paes assinou o decreto que formaliza o programa.

A gente quer é que a economia volte a ser ativada. Os food trucks têm um papel importante na gastronomia das ruas. Entendemos a compatibilidade deles com o comércio estabelecido, com quem tem lá sua loja, seu restaurante. São coisas perfeitamente compatíveis. E eles trazem segurança, convivência no espaço público, além de serem deliciosos”, disse o prefeito Eduardo Paes, em evento que contou com a presença do secretário de Governo e Integridade Pública, Marcelo Calero, do coordenador executivo de Diálogos Setoriais da Segovi, Armed Sarieddine, além de outras autoridades.

A ação contou com diversos trucks e também teve a presença da van do 1746 Na Pista para que empreendedores pudessem tirar dúvidas e resolver pendências com a administração municipal. Quem passou pelo local conferiu a venda de alimentos e bebidas nos trucks, mas houve também a oferta de cabeleireiro e até tatuagem, evidenciando que a economia sobre rodas movimenta diversos segmentos.

Para o secretário Marcelo Calero, mapear e regularizar a situação dos foodtrucks e de outros serviços que utilizam veículos similares foi uma das missões que a sua gestão recebeu.

Temos logrado êxito em ouvir demandas e solucionar questões apresentadas pelos variados setores produtivos. De modo ágil, transparente e atuando em conjunto com os empreendedores, colaboramos para a consolidação deste relevante setor e seguimos trilhando o caminho da retomada econômica do Rio“, afirmou Marcelo Calero.

O licenciamento dos trucks será realizado pelo site Carioca Digital (Carioca.Rio) e seguirá regras que contemplam cuidados sanitários, prevenção de incômodos, localização adequada, dentre outros aspectos. A formalização será feita de modo ágil e prático para que o empreendedor possa iniciar a exploração de sua atividade com a maior brevidade possível.

Quando assumimos a Prefeitura do Rio, havia apenas 32 foodtrucks e similares regularizados, nos últimos três anos, no município do Rio. Em seis meses de trabalho, triplicamos este número. Com o lançamento efetivo do Truck Rio, esperamos trazer para a formalidade mais empreendedores que apostaram na economia carioca, mesmo com um  cenário tão adverso“, comentou o coordenador executivo de Diálogos Setoriais da Segovi, Armed Sarieddine.

O projeto também considera a necessidade de revitalizar áreas públicas, ordenando as atividades realizadas em tais espaços e zelando para não haver confronto com o comércio legal anteriormente estabelecido. O Programa Economia sobre Rodas – Truck Rio almeja fomentar um comércio mais popular, menos segmentado e voltado ao público em geral. A liberação das atividades sempre contará com a participação da subprefeitura local, conhecedora efetiva da realidade de cada região onde os trucks poderão atuar.

É um marco, o dia mais especial para a gente nos últimos tempos. Vemos dignidade e respeito diante da nossa categoria. Agora somos vistos como empresários“, ressaltou o presidente da Associação de FoodTrucks do Rio de Janeiro (ACASO -RJ), Pedro Bastos.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui