A Fundação Parques e Jardins (FPJ) realizou, nesta quinta-feira, (28/1), o plantio de 33 árvores na Praça Roberto de Campos, conhecida como Praça do Estácio, no bairro do Estácio, no Centro do Rio de Janeiro.

A FPJ, a Subprefeitura do Centro e a COMLURB realizaram um vistoria no local, no dia (19/1), onde foram verificados problemas, como: falta de manutenção em canteiros e jardins, problemas de iluminação e de conservação das estruturas de concreto da praça.

Segundo o presidente da Fundação Parques e Jardins, Fabiano Carnevale, a ação é mais de uma série de ações voltadas para revitalização de diferentes regiões da cidade. No caso do Estácio, o objetivo do plantio dessas novas árvores é deixar a região menos árida e torná-la mais acolhedora.

Durante a última semana, árvores e mudas de Pau Brasil, Palmeira Triangular Sibipiruna, Pau Ferro, Jequitibá, Jatobá, Sapucaia, Ingá, Escumilha, Mangueira, Palmeira e Jerivá foram plantadas. As árvores e mudas existentes na praça estão recebendo um cuidado especial: terra com matéria orgânica e hidrogel, no plantio de mudas de árvores, para melhorar a capacidade de absorção e retenção de água. Com essa técnica, mesmo em tempos quentes e secos, a árvores plantadas têm alto índice de sobrevivência.

Outras instituições do município também ficaram responsáveis pelas melhorias que estão acontecendo na praça do Estácio. A Comlurb ficou responsável pela poda alta das árvores, a RioLuz religou aproximadamente 50 pontos de luz, e a Seconserva, em parceria com o Metrô Rio, realizará a troca dos brinquedos do parquinho e a manutenção dos bueiros. A Seconserva já fez a recomposição de placas de concreto.

Mutirões de conservação

A reabertura do Campo de Santana foi a primeira ação dos mutirões de serviços da Prefeitura, que tiveram início em janeiro. As ações de revitalização contam com a coordenação das Subprefeituras e com a integração de diversas secretarias e órgãos municipais como: COMLURB, SECONSERVA, Rioluz, SEOP, Guarda Municipal e Assistência Social.

Os mutirões também atuaram na reabertura do Passeio Público. As praças do Estácio e Xavier de Brito, e a Quinta da Boa Vista passaram por ações de revitalização dos seus espaços. Também foram realizadas vistorias em outras áreas verdes da cidade, como o Parque Guinle, em Laranjeiras;o Horto da Taquara, na Taquara; Parque Ary Barroso, na Penha; o Parque Pinto Teles, no Campinho; e a Praça Afonso Pena, na Tijuca. Todos esses locais receberão intervenções da Prefeitura em breve.

1 COMENTÁRIO

  1. Parques e jardins bem cuidados são fundamentais e deveriam crescer à medida do crescimento da cidade, inclusive, ou principalmente, próximos às comunidades.
    São exemplos do respeito da administração pública aos moradores, pois não há convivência sem que haja espaço adequado para isto.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui