Sede da Prefeitura no Centro do Rio/ Foto: Reprodução Internet

Uma reportagem da TV Globo mostrou que a Prefeitura do Rio precisa arrecadar R$ 7 bilhões para chegar ao orçamento previsto no início de 2019. Tudo isso faltando menos de 50 dias para o fim do ano. O município já está no “cheque especial”, com um rombo de quase dois bilhões de reais.



Siga nossas redes e assine nossa newsletter, de graça

Jornalismo sério, voltado ao Rio de Janeiro. Com sua redação e colunistas, o DIÁRIO DO RIO trabalha para sempre levar o melhor conteúdo para os leitores do site, expectadores dos nossos programas audiovisuais e ouvintes dos nossos podcasts. O jornal 100% carioca faz a diferença.

A Prefeitura do Rio tinha previsão de fechar o ano com receita de R$ 30,6 bilhões, mas até o momento conseguiu R$ 23,4 bilhões.

O cenário atuaL de crise financeira pode ficar ainda pior. O dinheiro que viria do ICMA (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços e do IPVA ( Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores) foi bloqueado pelo BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social). O motivo é o calote de R$ 280 milhões que o município deu no banco ao não pagar empréstimos contratados na gestão de Eduardo Paes para a realização de obras nas olimpíadas.

As receitas do IPVA e do ICMS foram dadas pela prefeitura como garantia pelo empréstimo.

O primeiro bloqueio ocorreu na semana passada e o segundo era previsto para esta terça-feira (12/11), já que os repasses são feitos toda semana.

A situação das contas municipais estam em estado crítico desde 2018, quando o Tribunal de Contas do Município apontou dívidas de mais R$ 3 bilhões que ficaram pra esse ano.

Os reflexos da má administração do dinheiro público podem ser vistos pelos cariocas todos os dias, quando ruas alagam em função das chuvas ou quando hospitais não tem insumos para prestar atendimento básico aos pacientes.

Sobre o bloqueio nos repasses por causa do calote ao BNDES, a prefeitura disse que a dívida é uma “herança maldita da gestão passada” e que vai sim honrar os compromissos.

Afirmou ainda que já pagou quase toda a dívida com muito esforço, e que a prioridade atual é a população carioca.

Já sobre o rombo no orçamento de 2019, a prefeitura disse que até o fim do ano vai obter as quantias previstas.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui