Foto: Fábio Motta / Prefeitura do Rio

A Prefeitura do Rio de Janeiro anunciou, na manhã desta sexta-feira (23/07), a prorrogação das medidas restritivas na capital fluminense até o próximo dia 09/08. Não há mudanças em relação ao decreto anterior, ou seja, boates e danceterias permanecem proibidas de funcionar.

Paralelamente, o Poder Executivo municipal informou que 90% da população idosa da cidade já foi imunizada contra a Covid-19 com as duas doses da vacina ou com o imunizante de dose única.

Presente na ocasião, Márcio Garcia, superintendente de Vigilância em Saúde, informou que o Rio continua com tendência de diminuição de óbitos ocasionadas pelo Coronavírus, e que a quantidade de casos confirmados mantém estabilidade.

Vale ressaltar que, até o momento, o Rio apresentou 27 casos da variante Delta. De acordo com a Prefeitura, essa número, provavelmente, é subnotificado. O secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz, explicou que, em breve, ela deve ser a principal variante da cidade, mas que espera-se que ela seja menos letal do que as outras.

”O que a gente sabe hoje da Delta é que, nos países em que começou a circular, se tornou predominante rapidamente. A gente espera que se torne, muito em breve, a variante predominante na cidade e em todo o estado, é o que ocorreu em outros países. Mas temos também a expectativa, é uma hipótese, que seja uma variante menos letal embora contamine mais”, explicou o secretário.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui