Canecão já foi uma das principais casas de shows da cidade - Foto: Reprodução/Internet

Nesta sexta-feira, 19/02, a Prefeitura do Rio afirmou que pretende ajudar na reabertura do Canecão, espaço cultural da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) que está fechado desde 2010. Para a reconstrução da histórica casa de espetáculos há a necessidade de mudar a lei municipal que impede a construção deste tipo de estabelecimento no terreno atual.

“Eu estou inteiramente à disposição da reitora da UFRJ para mudar a legislação, para mudar o zoneamento, para gente permitir que o Canecão renasça e ali vire de novo um espaço público da nossa cidade”, afirmou o prefeito Eduardo Paes.

As obras no terreno do Canecão fazem parte de um levantamento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (Bndes). Além do novo auditório, outros prédios, com espaços culturais abertos ao público, podem ser construídos.

O Canecão foi palco de momentos históricos da música por mias de 40 anos. Em 2010, o local foi fechado depois de uma briga entre o inquilino e a UFRJ, que retomou a posse na Justiça. Sem uso, o espaço está se degradando.

12 COMENTÁRIOS

  1. Os imbecis da esquerda dizendo que tem razão!
    Os imbecis de direita dizendo que tem razão!
    Tá faltando os imbecis do Centrão para dizer que está certo quem lhe apresentar as melhores vantagens.
    Corruptos tem na esquerda, na direita, no centro, em qualquer partido, ou sem partido, religião, igreja, empresários, funcionários….. Isso é uma questão de carater de cada pessoa e ele se infiltra em qualquer instituição que lhe de vantagens. A cada dois anos nos mantemos os corruptos atuais ou trocamos por novos corruptos ou trazemos antigos corruptos de volta.

  2. Quero o Canecão de volta ao Rio de Janeiro, o frequentei desde o tempo que era uma cervejaria e tinha uma bandinha maravilhosa.
    Depois virou uma casa de espetáculos memoráveis.
    De repente acabaram com tudo e ficou um terem o abandonado ,sem utilidade nenhuma.
    Um absurdo, destruir um espaço cultural para não fazer nada.

    • Governo Federal, não, amigo, reitores são escolhidos de uma lista tríplice escohidos pelos funças e professores, quase sempre esquerdistas doentes, o governo federal quis acabar com essa regra mas foi obrigado a entubar; partidos de esquerda entram no STF e sustam qualquer ato do governo para altera a escolha dos reitores, a má gestão começa por aí. O Canecão fervia de cultura, milhares de apresentações, peças, teatros, fui lá várias vezes, mas a universidade esculhambou com tudo, fechou, e agora não tem dinheiro pra financiar, nem projetos, basta ver o incêndio criminoso no Museu da Quinta, eles querem os prédios, mas não tem dinheiro pra manter, só querem destruir; a prefeitura só está propondo ajuda para que volte a funcionar como era, para recolher impostos, gerar empregos e renda e voltar a girar a economia, é interessante pra prefeitura, aquilo lá dava milhões de receita, sem falar que o bairro volta a ser movimentado, toda a economia é beneficiada, é o que estamos precisando.

      • Continua sendo um problema FEDERAL!
        A prefeitura pode até ter interesse em VIABILIZAR. Vide que no passsdo já teve interesse do rio sul, de uma rede de academias, de uma rede de supermercados…

  3. Como todo imbecil, tudo é culpa da esquerda. A esquerda nem tinha chegado ao poder quando tudo isso aconteceu. Como diz a reportagem, foi a 40 anos atrás.

    • Americo Miguel, leia novamente, quantas vezes for necessária, vc tem algum problema de entendimento, o Canecão foi fechado em 2010(!!!), não tem 40 anos, amigo; Mais de 40 anos é o tempo que o Caneção funcionou fervilhando de cultura e entretenimento, mas acabou graças à UFRJ.

  4. A UFRJ gritou gritou gritou naquela época pela “democratização” da cultura e tal e conseguiu o pior dos dois mundos: recebeu ZERO por isso e ainda DESTRUIU uma casa de shows tradicional. A máquina pública é assim mesmo: é a vara de condão ao contrário, que estraga tudo o que toca. Gestão péssima do patrimônio.

  5. A universidade despejou o Canecão, onde havia shows e apresentações de centenas de peças e milhares de artistas, produção, apoio, seguranças… Mas nenhum veio a público dizer que a UFRJ acabou com a cultura, nenhum bradou nas rádios, jornais e mídias sociais reclamando, só falam do Bolsonaro, mas e a UFRJ? Fechou o Canecão pra nada! Ficou anos na justiça brigando, alegou várias coisas, apresentou projetos sociais, tudo bafo de boca! Hoje está tudo abandonado, cheio de mendigos e cracudos, o prédio já está caindo aos pedaços e só tem custo pra universidade, nada foi feito, os esquerdistas só são anticapitalistas, querem destruir tudo que funciona, que gera emprego, alguém devia ser responsabilizado por isso, mas no Brasil não dá em nada, fica tudo por isso mesmo.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui