Foto: Marcelo Piu/Prefeitura do Rio

Entre os dias 5 e 23 de julho, a Prefeitura do Rio removeu o total de 111 toneladas de resíduos durante a Operação Ralo Limpo, que resultou na limpeza e desobstrução de 1.602 bueiros de 20 vias públicas com maior recorrência de alagamentos e bolsões de água na cidade. Coordenada pelo Centro de Operações Rio (COR), a iniciativa faz parte do planejamento estratégico do Plano Verão 21/22, para o período chuvoso entre os meses de novembro de 2021 e abril de 2022.

Com 313 profissionais da Comlurb e da Secretaria de Conservação, as equipes trabalharam nas regiões do Centro e zonas norte e oeste da cidade. Ao todo, 820 caixas de ralos foram limpas, com a desobstrução de 5.136 metros de rede de drenagem. O roteiro contemplará 50 vias da cidade até o mês de setembro, com base em mapeamento feito pelo Centro de Operações Rio. O trabalho envolve ainda equipes da Rio Águas, CET-Rio, Guarda Municipal e todas as subprefeituras.

Os agentes atuaram na avenida Presidente Vargas e ruas dos Inválidos, Rezende e Frei Caneca, no Centro; avenida Francisco Bicalho, no Santo Cristo; estrada da Barra da Tijuca e avenidas Armando Lombardi, Ministro Ivan Lins e Ayrton Senna, na Barra da Tijuca; estrada da Pedra, em Guaratiba; avenida Ministro Edgard Romero, em Madureira; rua Cândido Benício, no Campinho, avenida Ernani Cardoso, em Cascadura; rua Bela, em São Cristóvão; ruas Silva Freire e Vinte e Quatro de Maio, no Engenho Novo; rua Bulhões de Marcial, em Vigário Geral; e estradas da Bica e do Galeão, na Ilha do Governador; e no Campo de São Cristóvão.

A ação antecipa em dois meses o calendário de limpeza, permitindo não só a conclusão do trabalho antes do período chuvoso como o desenvolvimento de projetos e soluções a longo prazo. As operações ocorrem em horários alternativos, fora dos períodos de rush, para minimizar os impactos no trânsito.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui