Rua Dias Ferreira no Leblon (Foto: Reprodução TV Globo)

Entre as medidas apresentadas hoje no Diário Oficial pelo prefeito Marcelo Crivella (Republicanos), em que revisa a Fase 6B de flexibilização da cidade, em vigor desde 1º de outubro, e incluiu a abertura das quadras de escolas de samba, está o fim da restrição de bares e restaurantes fecharem à 1 da manhã, que agora podem ficar abertos até o último cliente, ou o horário que decidirem. A determinação passa a valer a partir desta terça-feira, 20/10.

No decreto desta terça, o prefeito Marcelo Crivella cita que a restrição de horário vinha causando “desordem urbana”.

Quanto à vedação de bares e restaurantes funcionarem após 1:00 hora da manhã foram apresentadas evidências que esta medida tem favorecido a ocorrência do comércio ilegal após este horário, desordem urbana e o grande acúmulo de lixo“, diz o texto.

O texto cita ainda que as medidas anunciadas na Fase 6 não causaram impacto negativo nos indicadores de saúde da cidade.

O comitê científico, por unanimidade, reconheceu que a fase 6B não provocou impacto nos indicadores os quais inclusive vem evoluindo positivamente depois de seu início. As atividades retomadas nesta fase não foram, até o momento, responsáveis por impactos sobre o sistema de saúde da rede METRO I SUS“.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui