Preservacionistas darão abraço simbólico ao Palacete Visconde de São Lourenço neste sábado

O motivo é a polêmica do “destombamento” do palacete, divulgado pelo DIÁRIO DO RIO nesta semana

Foto: Reprodução

Neste sábado (19/02), às 11h, preservacionistas vão fazer um abraço simbólico ao Palacete Visconde de São Lourenço, no Centro do Rio. O motivo é a polêmica do “destombamento” do palacete, divulgado pelo DIÁRIO DO RIO nesta semana.

A prefeitura, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Inovação (SMDEIS), embargou a obra de demolição que estava sendo realizada no local pelo seu novo proprietário.

O Fórum de Entidades em Defesa do Patrimônio Cultural Brasileiro e o CAU-RJ/Conselho de Arquitetura e Urbanismo também fizeram um documento, assinado por várias entidades, nessa quarta (16/02)  repudiando o destombamento e a demolição ilegais do Solar. Além de o prédio ser tombado, o imóvel faz parte da área de Proteção do Ambiente Cultural (APAC), da Cruz Vermelha, sob a tutela municipal.

O Solar do Visconde de São Lourenço fica na na esquina da Riachuelo com a Rua dos Inválidos. Trata-se de um prédio em estilo colonial português, com três pavimentos, cuja construção foi iniciada no Século XVIII, e que é tombado pelo Iphan, órgão federal de patrimônio. O imóvel, um dos últimos da época colonial na região, se assemelhava muito ao Paço Imperial, mas, depois de anos utilizado como colégio e depois como casa de cômodos, acabou incendiado em 1990 e nunca restaurado.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui