Foto: Reprodução Internet

O presidente Nacional da Juventude do Democratas (DEM) e assessor do vereador César Maia, Bruno Kazuhiro, foi confirmado na manhã desta sexta-feira (08/11) como o novo secretário estadual de Infraestrutura e Obras (SEINFRA). Ele assume o lugar de Horácio Guimarães Delgado Júnior. As negociações, que se estenderam pelos últimos dois meses, foram realizadas entre o governador, Wilson Witzel (PSC) e o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia. A cerimônia oficial de posse do novo secretário será na próxima segunda-feira (11/11).

A SEINFRA tem o objetivo de planejar, organizar e supervisionar as ações setoriais a cargo do estado relativas ao desenvolvimento viário, urbano, às edificações, ao saneamento básico, aos mecanismos de regulação para a concessão de serviços e ao estabelecimento de parcerias público-privadas.

Além de ser presidente Nacional da Juventude do DEM, Kazuhiro, que tem 31 anos de idade, é coordenador de Juventude da União de Partidos Latino-Americanos, Presidente Adjunto da Juventude da União Democrata Internacional e colunista do DIÁRIO DO RIO. Formado em direito pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Bruno Kazuriho tem mestrado em ciência política no Instituto de Estudos Sociais e Políticos da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) e atualmente faz pós-graduação em gestão pública na Universidade Cândido Mendes (UCAM).

O novo secretário de infraestrutura afirmou se sentir honrado pela nomeação e disse estar preparado para os desafios que irá encontrar a frente da pasta.

Me preparei durante toda a minha vida para atuar na gestão pública de forma competente, ética e transparente. Vou trabalhar com essa base pra que possa trazer bons resultados para o Rio. Graça a Deus, em todas as funções que eu exerci até hoje, eu sempre entreguei bons resultados e espero que dessa vez, com a ajuda da equipe, que nós teremos, tenhamos todas as condições de mais uma vez entregar um bom resultado para a sociedade e atender as expectativas“, comentou.

O secretário considerou fundamental a participação do servidor público durante sua gestão.

Temos que confiar no servidor público. Eu acredito que tendo o servidor público valorizado, motivado, tendo espaço para dar suas sugestões, para atuar, nós teremos condições de usufruir do que há de melhor no quadro técnico do estado do Rio de Janeiro e, assim, a gente vai poder potencializar ainda mais o trabalho da secretaria“, concluiu.

Segundo informações da coluna Informe do Dia, do jornalista Cássio Bruno, o ex-prefeito e atual pré-candidato a prefeitura do Rio pelo DEM, Eduardo Paes era contra a legenda participar da atual gestão. No ano passado, Paes, que perdeu a eleição para Witzel, fez vários ataques ao adversário durante a campanha.

O acordo costurado por Rodrigo Maia abre a possibilidade de Witzel apoiar Eduardo Paes na eleição de 2020. No entanto, o governador deverá contar com mais cinco deputados estaduais em sua base na Alerj: Carlo Caiado, Dr. Deodalto, Fabio Silva, Filipe Soares e Samuel Malafaia.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui