De acordo com matéria publicada no Blog do Berta, o novo presidente da Empresa Pública de Saúde do Rio de Janeiro, a RioSaúde, Flávio Alcoforado, é réu em ação de improbidade administrativa e tem quatro condenações pelo colegiado do Tribunal de Contas do Município (TCM).

Ainda segundo o Blog, a ação de improbidade administrativa é respondida junto com o secretário de Saúde, Daniel Soranz. Entre os problemas apontados pelo TCM estão contratos assinados sem licitação que, somados, teriam causado prejuízo de mais de R$ 400 mil.

A assessoria de imprensa da Secretaria municipal de Saúde informou que Flávio Alcoforado apresentou todas as certidões negativas e que possui todas as credenciais para o cargo.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui