Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, existe a possibilidade de chuva forte na cidade do Rio de Janeiro ainda na noite desta terça-feira (12/02) e também na quarta, 13/02.

A chuva da última semana ainda deixou consequências negativas. Muitos locais ainda estão sem luz, por exemplo.

Os ventos que assustaram na última quarta-feira, chegando a 110 km/h, podem voltar. A previsão do Instituto Nacional de Meteorologia é de que as rajadas cheguem a 90 km/h.

A Marinha do Brasil emitiu aviso de alerta de ressaca para o RJ a partir das 10h de quarta até 10h de quinta-feira 14/02, com previsão é de ondas de até 2,5 metros.

A prefeitura anunciou que escolas municipais funcionarão apenas até às 12h. Vias como a Avenida Niemeyer, a autoestrada Grajaú-Jacarepaguá e o Alto da Boa Vista podem ser fechadas.

O prefeito Marcelo Crivella também detalhou que algumas comunidade vão ter atendimento diferenciado devido ao alto índice de risco, como a Rocinha e o Vidigal, na Zona Sul, e o Borel e a Formiga, na Zona Norte.

De acordo com Crivellla, os estágios do sistema de alerta vão passar de três para cinco: normalidade; observação; atenção; alerta e crise. Ainda segundo o prefeito, a ideia é começar os processos e evacuação de áreas de risco já no 4º estágio: o de alerta. Esse modelo, porém, ainda não vai entrar em vigor, já que um grupo de trabalho foi criado para estudar as mudanças por aproximadamente 10 dias.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui