Foto: Divulgação

Nesta quarta-feira (14/04), agentes do Procon Estadual do Rio de Janeiro estiveram no município de Casimiro de Abreu para verificar como está sendo prestado o serviço de energia elétrica fornecido pela ENEL. O vereador Pedro Gadelha esteve na sede da autarquia no primeiro trimestre deste ano e solicitou apoio em relação à falha na prestação de serviço da concessionária.

Os fiscais visitaram residências e estabelecimentos comerciais em seis bairros e conversaram com residentes e responsáveis. Em todos os 17 endereços vistoriados os moradores informaram que há frequente falta de luz.

Além do serviço ser irregular, o prefeito da cidade, vereadores, moradores e comerciantes informaram que os picos de energia são constantes, ocasionando inclusive queima de lâmpadas, eletrodomésticos e aparelhos eletrônicos. Outra reclamação recorrente foi da energia fraca, impossibilitando a utilização de ar condicionado por exemplo.

Segundo os responsáveis dos estabelecimentos comerciais visitados, a oscilação no serviço fornecido pela Enel prejudica o funcionamento, ocasionando prejuízos financeiros não apenas por ter que fechar o comércio. Alguns já perderam freezer, geladeira, aparelho de som, alimentos, impressora, roteador, monitor, TV e ar condicionado devido à queda de energia. Três deles utilizam inclusive gerador de energia, para não depender apenas da concessionária.

Em nota, a concessionária afirmou que não recebeu nenhuma comunicação formal ou registrou reclamações do Procon RJ. Confira a nota completa:

“A Enel Distribuição Rio informa que não recebeu nenhuma comunicação formal ou registrou reclamações do Procon RJ sobre a fiscalização realizada em Casimiro de Abreu. A distribuidora esclarece que faz investimentos constantes na melhoria de sua rede de fornecimento do estado. No município, o tempo médio de interrupções de energia por cliente (DEC) caiu 47% e a quantidade média de vezes que os clientes ficam sem energia (FEC) foi reduzida em 41% no período entre 2018 e 2020.  

No ano passado foram realizadas 1.466 manutenções na rede de distribuição, incluindo substituição de postes, transformadores e outros equipamentos, além da execução de 7.751 podas de árvores próximas a rede de distribuição. A empresa realiza inspeções regulares nos circuitos que atendem ao município, utilizando tecnologia que inclui drones, helicóptero e carro termovisor.  Além disso, a Enel Distribuição Rio instalou 4 equipamentos telecomandados que identificam remotamente falhas na rede causadas por fatores externos, como queda de árvores, descargas atmosféricas ou acidentes. Com os equipamentos telecomandados, é possível reestabelecer remotamente o serviço para grande parte dos clientes afetados pela interrupção, tornando o sistema mais eficiente e reduzindo o número de clientes sem energia.”

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui