Foto: Divulgação

O Procon Estadual do Rio de Janeiro, autarquia vinculada à Secretaria de Desenvolvimento, realizou nesta quinta-feira (11/02) uma ação de fiscalização na Zona Oeste do Rio de Janeiro com o apoio da Delegacia do Consumidor (DECON). A ação visou apurar denúncias feitas pelos consumidores sobre venda de mercadorias sem nota fiscal, alimentos vencidos, locais sem autorização de funcionamento entre outros. Os fiscais fiscalizaram mercados de bairro, instalador de gás natural veicular e loja de material de construção, em Vargem Pequena, Vargem Grande, Recreio dos Bandeirantes (Terreirão). Todos os seis locais vistoriados foram autuados pelo Procon, dentre esses, dois foram interditados.

A loja de instalação de gás veicular, Garage GNV, no Recreio dos Bandeirantes, funcionava sem o certificado de registro de instalador e o alvará de funcionamento apresentado não correspondia ao estabelecimento. Além disso, não havia extintores de incêndio nem certificado de aprovação dos Bombeiros. Um cilindro foi apreendido pelo Procon-RJ e o local ficou interditado.

Outro local foi interditado no Recreio. No Açougue Faraó das Carnes, foram descartados mais de 250 kg de carnes impróprias ao consumo por estarem vencidas ou sem nenhuma informação quanto à data de validade e manipulação. Lá os fiscais constataram diversas peças de carnes armazenadas com potencial risco de contaminação. Nos locais onde estavam os produtos havia ferrugem, goteiras, acúmulo de água no chão, ralos abertos com esgoto aparente, fiação exposta e bolor.

Ainda no Recreio dos Bandeirantes, na loja de material de construção Os Carvalhos, foram encontrados cerca de 50 litros de produtos vencidos ou sem especificação sendo comercializados. Dentre os itens, produtos para limpeza de pedras e mármores, textura acrílica, água sanitária, cera e catalisador. Além disso, produtos sem preços também foram notados pelos fiscais. O Mercado Atlântico, também foi autuado, pois foram descartados mais de 30kg de alimentos impróprios ao consumo entre carne moída, picanha, massa para pastel e iogurte.

Foto: Divulgação

Em Vargem Pequena, o Sachinho Supermercado apresentou problemas estruturais como ferrugem, bolor, piso quebrado e larvas nos locais de armazenagem de produtos, e foram encontrados cerca de 16kg de mercadorias vencidas ou sem especificação de validade. Já na Mercearia Marigessy em Vargem Grande, os fiscais notaram que o caixa preferencial não contava com espaço de passagem para cadeirante e o mercado não disponibilizava balanças de precisão para uso dos consumidores.

Locais fiscalizados:
Marigessy Supermercado: Estrada dos Bandeirantes, 23510. Vargem Grande.
Sachinho Supermercado: Estrada dos Bandeirantes, 15072. Vargem Pequena.
Mercado Atlântico: Av. Gilka Machado, 70. Recreio dos Bandeirantes.
Açougue Faraó das Carnes: Av. Gilka Machado, 67. Recreio dos Bandeirantes.
Garage GNV: Rua Caminho do Fontela, 11, Recreio dos Bandeirantes.
Os Carvalhos do Recreio: Rua HW, s/n. Lote 23, Quadra 93. Recreio dos Bandeirantes.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui