Fiscais do Procon-RJ vistoriando o pedágio da Linha Amarela - Foto: Divulgação

Fiscais do Procon do Rio de Janeiro estiveram na última terça-feira (29/06) na Linha Amarela, que é uma das vias expressas mais movimentadas da capital fluminense, inspecionando o pedágio local. Isso porque, até sábado (26/06), não vinha sendo respeitada por lá a lei estadual 8014/18, que determina que empresas concessionárias de serviço público aceitem cartões de débito e crédito como meio de pagamento das tarifas.

Desde domingo (27/06), porém, motoristas que passam pela Linha Amarela podem pagar com cartão por aproximação em 2 guichês em cada sentido de sua praça de pedágio.

Vale ressaltar que, embora houvesse placas de fácil visualização sobre a possibilidade de pagamento com cartões de débito e crédito, os fiscais do Procon-RJ orientaram que a informação pode ser ainda mais clara ao consumidor, indicando de maneira mais precisa o pagamento por aproximação pelas duas modalidades, bem como as bandeiras que são aceitas, uma vez que a placa informativa principal só menciona uma delas, apesar da empresa aceitar as demais bandeiras. A partir de agora, a Linha Amarela tem o prazo de 15 dias corridos para adequar as informações.

1 COMENTÁRIO

  1. Não acredito que os bancos aceitem essa parceria, até porque não vai ter como comprovar esses pagamentos na contabilidade pois além do pedágio ser clandestino emitem recibos falsos e os bancos não vão contabilizar débitos sobre recibos dessa natureza.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui