Durante a passagem do Governo Presente nesta quinta-feira (05), em Quissamã, o governador Cláudio Castro (PL) e o secretário de Agricultura, Marcelo Queiroz (PP), entregaram cheques simbólicos do Agrofundo para os produtores locais e, também foram entregues a pescadores artesanais e aquiculturas familiares a Declaração de Aptidão ao PRONAF. Além disso, o secretário de Agricultura, Marcelo Queiroz, lançou o selo Pet Friendly na região e o programa “Rio Milho”, que terá como parceiro piloto e irradiador das inovações tecnológicas o município de Quissamã.

No evento, 11 produtores foram beneficiados pelo Agrofundo, através da linha de crédito Rio Leite, somando mais de R$ 270 mil em créditos concedidos. Esse programa, operacionalizado pela Emater-Rio, tem como objetivo estimular e fortalecer pequenos agricultores e já beneficiou desde o início da pandemia 221 produtores em 42 municípios, oferecendo empréstimos aos produtores rurais a juros baixos.

Ainda em Quissamã, a Secretaria de Estado de Agricultura, inaugurou o selo Pet Friendly, a certificação que autoriza a entrada e permanência dos pets em estabelecimentos agora chega à região Norte Fluminense com uma grande expectativa.  

Precisamos evidenciar este grande projeto do Governo do Estado, que está passando pelos municípios do Norte ouvindo todas as demandas de cada região. Em especial, o município de Quissamã que será nosso município referência para o desenvolvimento da cultura do milho. Agradeço a prefeita Fátima Pacheco que vem fazendo um excelente trabalho em conjunto com a Secretaria de Agricultura, oferendo aos produtores todo apoio técnico e ao Governador que tem dado todo o apoio – destacou o secretário de Agricultura, Marcelo Queiroz.

Rio Milho

A empresa vinculada à Secretaria de Estado de Agricultura, a Pesagro-Rio, com intuito de realçar a cultura do milho seco no estado do Rio de Janeiro e beneficiar os agricultores familiares, surge como uma proposta de avaliação ao desenvolvimento e a integração dessa cadeia produtiva atendendo diferentes demandas econômicas e ambientais locais, o novo programa ‘Rio Milho’.

Esse é um programa piloto, mas é muito ambicioso. A Pesagro-Rio vai fornecer tecnologia e sementes, enquanto a prefeitura de Quissamã vai integrar os produtores para a gente efetivamente dar início a construção de um cinturão de milho, com alta produtividade. Através da análise do solo e a seleção das melhores sementes para aquela região, a gente garante que o produtor saia da lógica de ter uma “roça de milho” e passe a ter uma produção de milho, com alta produtividade e lucratividade – afirmou o presidente da Pesagro-Rio, Paulo Renato Marques.

Emissão de DAP pela FIPERJ

Entre as ações desenvolvidas pela Fiperj, esta a emissão Emissão de Declarações de Aptidão ao Pronaf (DAP), que é o documento que identifica os pescadores artesanais e aquicultores familiares e/ou suas formas associativas organizadas em pessoas jurídicas, aptas a realizarem operações de crédito rural ao amparo do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf).

O Norte e o Noroeste Fluminense são áreas de grande potencial produtivo, na pesca pelo extenso litoral e a presença de grandes cardumes. Já na questão da aquicultura continental o declínio de outras atividades econômicas na região deixou muitas terras ociosas, e a aquicultura é uma importante alternativa econômica para estes municípios, que já possuem vocação do agro. Constituindo assim fonte de renda ao aquicultor, e consequentemente desenvolvimento econômico em atividades como a ranicultura, a carcinicultura, a piscicultura – ressaltou o presidente da Fiperj, Ricardo Ganem.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui