Foto Cleomir Tavares / Diario do Rio

Os profissionais de saúde do Hospital Municipal Souza Aguiar, localizado na região central do Rio, voltam a denunciar a falta de equipamentos de proteção individual (EPIs) na unidade hospitalar. A denúncia não é feita pela primeira vez. Em março deste ano, reclamações de ausência da proteção já tinha sido realizada pelos funcionários do hospital.

De acordo com a denúncia noticiada pelo portal G1 de notícias, os funcionários dizem falar equipamentos indispensáveis como: capotes, face-shields e até luvas. Segundo os profissionais de saúde, com a ausência dos equipamentos, tanto a saúde dos mesmos como dos pacientes é colada em risco. Quando uma mesma luva precisa ser usada para procedimentos diferentes, além da Covid-19, outras doenças podem ser transmitidas.

“Estamos expostos o tempo todo a contaminações e também por liberar infecção, porque estamos trabalhando com a mesma luva durante os procedimentos de diferentes pacientes. E ainda por cima não temos nem álcool em gel na unidade”, afirmou uma funcionária ao portal G1.

Em nota, a Secretaria Municipal de Saúde informou que não há falta de insumos ou equipamentos no Hospital Souza Aguiar. Disse ainda, que não recebeu queixa formal de profissionais de saúde da unidade sobre o problema denunciado.

Costa do mar, do Rio, Carioca, da Zona Sul à Oeste, litorânea e pisciana. Como peixe nos meandros da cidade, circulante, aspirante à justiça - advogada, engajada, jornalista aspirante. Do tantã das avenidas, dos blocos de carnaval à força de transformação da política acreditando na informação como salvaguarda de um novo tempo: sonhadora ansiosa por fazer-valer!

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui