Foto Cleomir Tavares/Diário do Rio

Está sendo organizada uma manifestação contra as medidas restritivas do Rio. Neste sábado (03/04), empresários, comerciantes, ambulantes, feirantes, donos de quiosques, entre outros grupos, devem se reunir às 10h no Posto 5, em Copacabana, para protestar contra o lockdown.

Chamada de “Cariocas pelo trabalho”, a manifestação está sendo divulgada como pacífica e convida todos os grupos de trabalhadores a se reunirem no local.

A Prefeitura publicou um decreto que flexibiliza algumas medidas para conter o avanço da Covid-19 a partir da próxima sexta-feira (09/04). Até lá, a maior parte das restrições está mantida, com algumas exceções.

O que pode abrir e em quais horários:

A partir de segunda-feira (05/04):

  • Escolas voltam a funcionar de forma administrativa. Aulas presenciais são retomadas na terça-feira (06/04), apenas nos colégios que já estavam funcionando.

A partir de quarta-feira (07/04):

  • Setores de administração pública

A partir de sexta-feira (09/04), até as 21h:

  • Bares
  • Lanchonetes
  • Restaurantes
  • Quiosques da orla

Após às 21h, podem funcionar apenas delivery.

A partir de sexta-feira (09/04), das 11h às 21h:

  • Clubes

A partir de sexta-feira (09/04), entre 12h e 21h:

  • Serviços

A partir de sexta-feira (09/04)das 10h às 18h:

  • Comércio

Segundo a prefeitura, “as atividades no interior de shopping, centros comerciais e galerias de lojas, deverão funcionar observando as restrições de horário”.

A partir de sexta-feira (09/04),das 12h às 21h:

  • Museus
  • Zoológico
  • Galerias
  • Bibliotecas
  • Cinemas
  • Teatros

Continua proibido:

  • Ficar na areia da praia
  • Comércio de ambulantes
  • Danceterias e boates
  • Entrada de ônibus intermunicipais fretados com turistas
  • Eventos
  • Parques e cachoeiras

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui