Policiais do Recreio Presente na Praça Tim Maia, onde fica situada a base operacional do programa - Foto: Divulgação

O bairro do Recreio dos Bandeirantes, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, certamente é um dos mais aprazíveis para se morar na cidade. Além da total conexão com a natureza, com as variadas praias e a exuberância das áreas verdes, a região, desde dezembro do ano passado, teve sua segurança reforçada com a implementação do programa Recreio Presente.

Com sua base operacional montada na Praça Tim Maia, situada na divisória entre as praias do Recreio e da Macumba, o patrulhamento é ostensivo na orla e nas ruas internas do bairro, especialmente as localizadas entre as estações do BRT Salvador Allende e Gláucio Gil.

Entre policiais militares, agentes civis e assistentes sociais, o efetivo do Recreio Presente conta com aproximadamente 60 pessoas, que têm à disposição para as rondas viaturas, vans, motos e bicicletas.

Temos o Imóvel que você procura. Block Imóveis

”Você vê muitos policiais de bicicleta rondando as ruas por dentro do bairro, onde a maioria delas não tem saída. Além disso, não é difícil você encontrar viaturas nas esquinas. Eu me sinto mais seguro com a presença desses policiais”, diz Diego Taveira, morador do Recreio.

Policiais do Recreio Presente fazendo a segurança em esquina do bairro – Foto: Divulgação

E o elogio ao trabalho do Recreio Presente é corroborado por Sancler Mello, candidato a vereador pelo Podemos e superintendente da região da Barra da Tijuca, Recreio e Vargens desde setembro de 2019.

”Na região do 31º BPM, tivemos, por exemplo, apenas 10 roubos de automóveis no mês passado. É um recorde. O Recreio Presente foi um grande presente à população. Foi uma árdua luta para trazermos o programa para o bairro, e hoje ele traz paz e prosperidade para a nossa região”, diz Sancler.

Agentes do Recreio Presente em frente à praia – Foto: Divulgação

E se o Segurança Presente chegou ao Recreio, muito se deve ao trabalho do vereador Carlo Caiado (DEM). À época deputado estadual suplente, integrou a Frente Parlamentar em defesa do programa e teve participação fundamental junto ao Governo do Estado para que a região fosse contemplada.

”Foi um esforço em conjunto com moradores, através de abaixo-assinado e muita insistência junto ao governo. A região necessitava desta atenção na área de segurança. À época, a Alerj doou recursos para auxiliar na ampliação do programa e lutamos para que a Barra, Recreio e Jacarepaguá fossem contemplados, fechando um ‘cinturão de segurança’ na região. Os resultados estão nos números apresentados”, destaca Caiado.

Nesses pouco mais de 9 meses de Recreio Presente, os números chamam atenção. Foram 443 pessoas detidas/presas e 811 indivíduos conduzidos à delegacia. Vale destacar que o programa funciona diariamente, das 08h às 21h.

1 COMENTÁRIO

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui