Foto: Andre Coelho/Getty Images

O vereador Felipe Michel, deu entrada na Câmara Municipal, nesta quinta-feira, 18/02, em um projeto de lei que prevê a criação do passaporte carioca de imunização, identificando as pessoas que já têm anticorpos para a Covid-19 ou fizeram o teste da SWAB e liberá-las para circular na cidade sem restrição.

Segundo o texto, o documento poderá ser permanente, para quem já tomou a vacina, temporário, quando comprovar através de exame imunidade temporária, e especial, para turistas que estejam de passagem pela cidade. Nos últimos dois casos, o passaporte terá validade de até noventa dias. O principal objetivo do projeto é acelerar a retomada do setor de eventos e de turismo. 

“Como ex-secretário de Eventos sei o quanto este setor está sofrendo. Com o passaporte na mão, a pessoa poderá frequentar shows, restaurantes, transporte público com mais tranquilidade. O Rio de Janeiro perdeu diversas oportunidades de gerar renda este ano com o cancelamento do réveillon, do carnaval e de outros tantos eventos que não puderam ser realizados por causa da pandemia”, disse o vereador.

O projeto será publicado no Diário Oficial nos próximos dias e dependerá do voto dos vereadores. Se aprovado, precisará da sanção do prefeito para virar lei.

2 COMENTÁRIOS

  1. Mais um com ímpeto ditatorial criando lei hipócrita para cerceamento das liberdades individuais! É muito bom para eleitores estarem atentos aos arroubos de seus vereadores eleitos! O que deveria fazer nunca faz: Fiscalizar os leitos disponíveis na cidade e promover o aumento de linhas de ônibus para evitar transportes lotados na cidade. Criar “passaporte” num país em que falsificam até vacina pra vender nos camelôs da cidade, é prova de total desconhecimento da capacidade do povo de burlar medidas ridículas para sobreviver ao caos!???

  2. Não existe passaporte de imunidade para o vírus covid 19. São muitas mutações e variantes. Mesmo quem já adoeceu ou vacinou pode pegar e transmitir outras variantes do vírus. Um projeto fadado ao fracasso. O q o ilustre vereador poderia fazer seria lutar para aumentar a vacinação da população em geral e conscientizar as pessoas q o distanciamento social e as regras de higiene previnem a doença.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui