Foto: Reprodução

Foi protocolado na Câmara de Vereadores, nesta segunda-feira (28/06), um projeto de lei que dá prioridade em caráter excepcional os taxistas. Atualmente, a cidade do Rio apresenta cerca de 33 mil taxistas. A categoria até o momento, soma 115 mortes por Covid-19.

A medida é de autoria da vereadora Vera Lins (Progressista) determinada que para ser vacinado o taxista precisará comprovar estar em exercício de suas funções independente da faixa de idade,

Segundo a parlamentar autora do projeto, o fato desses profissionais estarem diariamente em contato com o público em geral durante sua função, os credencia a serem imunizados excepcionalmente enquanto durar a pandemia.

Está mais do que comprovado que apesar de todos os esforços, a contaminação pelo covid-19 ainda não está controlada, o que coloca os taxistas diretamente na linha de frente do contagio. Por isso, creio que a imunização seja necessária o mais rápido possível, já que até o momento a categoria contabiliza 115 óbitos desde o início da pandemia; o que convenhamos, é extremamente preocupante”, disse a vereadora.

Costa do mar, do Rio, Carioca, da Zona Sul à Oeste, litorânea e pisciana. Como peixe nos meandros da cidade, circulante, aspirante à justiça - advogada, engajada, jornalista aspirante. Do tantã das avenidas, dos blocos de carnaval à força de transformação da política acreditando na informação como salvaguarda de um novo tempo: sonhadora ansiosa por fazer-valer!

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui