Foto de Kelly Lacy no Pexels

As solicitações à Prefeitura do Rio para a instalação de atividades de ensino de qualquer natureza nas áreas residenciais deverá conter parecer favorável de impacto viário. É o que determina o Projeto de Lei Complementar nº 39/2021, de autoria do Vereador Carlo Caiado, em tramitação na Câmara do Rio.

A proposta altera a Lei Complementar 28/96, que trata da regularização das edificações destinadas às instituições de ensino. A proposta surgiu a partir de reuniões com grupo de moradores e diversos bairros da Cidade, que reclamam do caos no trânsito, principalmente na entrada e saída dos alunos, devido à falta de planejamento viário.

“Como legisladores é nosso dever ajustar o que não está funcionando. Um simples estudo de impacto e adequações viárias resolve esse constante engarrafamento e traz segurança tanto para os pais de alunos no embarque e desembarque, quanto para a fluidez do trânsito”, destaca Caiado.

Atualmente tem surgido muitas escolas e creches particulares em áreas residenciais, mas sem estudar o impacto viário. Uma rua antes calmas, pode virar um verdadeiro caos com a falta de organização no trânsito.

O projeto passa por análise das Comissões Permanentes da Câmara para e seguida ser votada em plenário.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui