Foto: Divulgação

O Detran.RJ realizou nesta quarta-feira (04/08), pela primeira vez, provas práticas de direção para pessoas com deficiência (PCD) no recém-inaugurado Posto PCD Acessível, na Avenida Francisco Bicalho. O local, único no país a oferecer serviços específicos para o público PCD, passa agora a ser também um novo espaço de provas práticas para pessoas com deficiência. O objetivo é permitir mais acessibilidade a todos, por estar localizado na região central da cidade, e oferecer melhores condições de atendimento num espaço exclusivo para este público.

As provas aconteceram pela manhã e fazem parte do Projeto Cidadania sobre Rodas, que já formou mais de dois mil PCDs. O projeto, que oferece aulas e provas gratuitas, é voltado para pessoas de baixa renda e proporciona mais mobilidade e autonomia às pessoas com deficiência.

Foto: Divulgação

Ter o único posto PCD, entre os Detrans de todo o Brasil, nos enche de orgulho. Estamos trabalhando para aumentar a capacidade de vagas para esta parcela da população tão importante. Trazer as provas práticas para o centro do Rio facilita muito o acesso de todos”, disse o presidente do Detran.RJ, Adolfo Konder. Antes, as provas práticas eram realizadas em Guadalupe, na unidade do Corpo de Bombeiros.

Bruma Machado de Carvalho, 34 anos, uma das integrantes do grupo, perdeu completamente a mobilidade do joelho direito e tem mobilidade parcial no joelho esquerdo. “A receptividade dos funcionários foi ótima. Aproveitei a oportunidade e fiz um processo simultâneo, de mudança da identidade e inclusão do meu novo nome social. É muito importante que os recursos sejam disponíveis e facilitados, como foi hoje neste posto do Detran. Estou habilitada e com novo nome social!”, comemorou Bruma, que é uma mulher transexual.

Carlos Alexandre Freire Telles, 39 anos, assistente administrativo, também passou hoje na prova prática de habilitação do Detran. Ele tem uma perna amputada e mora em Rocha Miranda. Já a ex-esposa e os filhos vivem em Jacarepaguá, distante cerca de 30 quilômetros de casa. Informado sobre o programa Cidadania sobre Rodas, se inscreveu, e agora foi aprovado na prova de direção.

Durante alguns anos eu tinha que levá-los de ônibus, o que sempre acontecia com muita dificuldade. Agora estou habilitado”, celebrou Telles.

Inscrições Cidadania sobre Rodas

Foto: Divulgação

As inscrições para o Cidadania sobre Rodas são abertas em quatro ocasiões, por ano, pelo Programa Dia D – outro projeto do departamento para o público PCD. Nele, são oferecidos serviços sem necessidade de agendamento para as pessoas com deficiência, além da gratuidade das taxas.

As próximas edições do Dia D serão em 24 de setembro e 3 de dezembro, quando devem ser ofertadas, pelo menos, mais 100 vagas. Acompanhando o site do Detran, os interessados poderão se informar sobre detalhes das inscrições.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui